45.º aniversário do PS em Almada

19.04.18

Costa define PS como a força do “equilíbrio” e do “diálogo” em Portugal

“Precisamos de dar força ao PS porque este campeonato ainda não chegou ao fim”, advertiu.

Costa define PS como a força do “equilíbrio” e do “diálogo” em Portugal Lusa

O secretário-geral socialista definiu esta quinta-feira o PS como o fator “de equilíbrio” e “diálogo” na sociedade portuguesa, num discurso em que elogiou o acordo sobre descentralização celebrado com o PSD e os avanços sociais alcançados à esquerda. Palavras proferidas por António Costa no jantar comemorativo do 45.º aniversário do PS em Almada, junto ao Cristo Rei, e que a organização afirma ter juntado cerca de 1.200 apoiantes socialistas. No seu discurso, o líder socialista sustentou que desde que o atual executivo iniciou funções, em novembro de 2015, teve como preocupação central adotar uma combinação de políticas de avanços sociais e de consolidação das finanças públicas. António Costa procurou sintetizar da seguinte forma qual a linha seguida pelo seu executivo: “Não dar um passo a mais para um lado que desequilibre o outro lado; não estender a mão mais para ali para depois ficarmos com um problema aqui”. “Temos de dar força ao PS, porque é o fator de equilíbrio, de diálogo, de consenso, de mobilização e de unidade do conjunto da sociedade portuguesa”, declarou, antes também de deixar um aviso aos militantes socialistas no sentido de evitarem uma atitude triunfalista. “Precisamos de dar força ao PS porque este campeonato ainda não chegou ao fim. Sabemos bem que ainda temos muito trabalho pela frente”, advertiu.

Ler mais em: Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.