A mensagem inesperada do Dalai Lama sobre os atentados em Paris

dalaiLama

Poucas horas tinham passado desde os atentados em Paris e uma das maiores hashtags em circulação nas redes sociais era #PrayforParis.

Todavia (e talvez para espanto de muitos), o Dalai Lama afirmou, numa entrevista ao canal de televisão alemão Deutsche Welle, que os homens não podem estar à espera que Deus resolva os problemas criados pelos próprios seres humanos.

“As pessoas querem viver as suas vidas em paz. Os terroristas têm visão curta, e esta é uma das razões pela qual tem havido vários atentados suicidas. Não podemos resolver estes problemas apenas através de orações. Eu sou budista e acredito na oração. Mas os seres humanos criaram este problema, e agora estamos a pedir a Deus que o resolva. Não tem lógica. Deus dir-nos-ia ‘resolve-o tu porque foste que o criaste'”, pode ler-se.

O líder espiritual tibetano, galardoado com o Prémio Nobel da Paz em 1989, afirmou que é necessário insistir na promoção de valores humanos, como união e harmonia. “Se começarmos a fazer isto agora, há esperança que este século seja melhor que o anterior”, adiantou o Dalai Lama, que destacou ainda o facto de o século XX ter sido extremamente violento, com cerca de 200 milhões de pessoas que morreram na sequência de guerras e outros conflitos.

“Trabalhemos pela paz no seio das nossas famílias e sociedades, e não esperemos a ajuda de Deus, Buda ou dos governos”.

Ainda assim, o líder espiritual defende que são poucas as pessoas que recorrem à violência. “Nós somos seres humanos e não há razão para matarmos outras pessoas. Se olharmos para os outros como irmãos e irmãs e respeitarmos os seus direitos, então não há espaço para a violência. Além disso, os problemas que enfrentamos hoje em dia são os resultados das diferenças superficiais relativamente a religiões e nacionalidades. Nós somos um povo”.

Veja mais em :::> SOL

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.