Category: Costa da Caparica

Da Praia do Rei à Costa da Caparica

6 de Agosto 2020 10 horas

Da Praia do Rei à Costa da Caparica

6 de Agosto 2020 10 horas da Praia do Rei à Costa da Caparica

Publicado por Cibersul Almada Setúbal em Quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Veja mais em ::::> ALMADA 2020

Sol da Caparica só para o ano

InfoCosta 28 de Julho 2020

SOL DA CAPARICA REGRESSA
EM AGOSTO DE 2021
A sétima edição do festival O Sol da Caparica decorrerá entre 12 e 15 de Agosto de 2021, revelou hoje o Grupo Chiado, promotor do evento, que voltará a trazer ao Parque Urbano da cidade os habituais quatro dias de muita festa e animação.
Embora já tivessem sido reveladas as datas do festival para 2020, em virtude da Covid-19, o Grupo Chiado, em parceria com a Câmara Municipal de Almada (CMA) optou por não anunciar os nomes do cartaz deste ano, tendo em conta as diretrizes da Direção-Geral da Saúde e da proibição da realização de grandes eventos até 30 de Setembro de 2020, impedindo assim a concretização deste evento.
Neste sentido, a 7.ª edição, do festival decorre a 12, 13, 14 e 15 de agosto de 2021, com muita festa e animação onde a lusofonia e os seus diversos ritmos serão as estrelas dos finais de tarde mais quentes do verão.

soldacaparica

veja mais em ::::> Junta de Freguesia da Costa de Caparica

Ameaça de bomba lança o pânico em escola

14/02/2020 Raquel Simões e I.F.R

Mais de 700 alunos que estavam nas salas de aulas acabaram por ser retirados do estabelecimento.

A EB 2, 3 da Costa de Caparica, em Almada, recebeu esta quinta-feira uma ameaça de bomba, através de email, endereçado a Teresa Santos, coordenadora do estabelecimento de ensino.

Segundo o CM conseguiu apurar junto da responsável, após a receção da ameaça, por volta das 10h00, foram acionadas, de imediato, as autoridades. Os mais de 700 alunos que estavam nas salas de aulas acabaram por ser retirados do estabelecimento.

No local estiveram os Bombeiros de Cacilhas, a GNR e o Grupo de Intervenção Cinotécnica, num total de 26 operacionais, apoiados por 11 viaturas.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Costa da Caparica: Rua dos Pescadores veste de branco e preto com marca e alma


Por
 Humberto Lameiras
 07/02/2020

A repavimentação da histórica artéria da Costa da Caparica há muito que era considerada “urgente”. O concurso vai ser lançado em breve e, se tudo correr bem, em Setembro a Rua dos Pescadores terá outra alma. As obras param no período de Verão

A Rua dos Pescadores, um dos “ícones” da Costa da Caparica, como diz o presidente da Junta de Freguesia, vai ser requalificada, numa obra que, se tudo correr dentro dos prazos esperados, deverá começar muito brevemente. Para José Ricardo, esta intervenção de repavimentação, e não só, vai “melhorar a ligação do espaço urbano com o mar” e, ao mesmo tempo, dar mais “importância ao comércio local”.

Para o autarca está é uma obra “urgente” para dinamizar uma rua que está associada há história da vila – cidade desde 9 de Dezembro de 2004 – e vai “devolver o espaço público às pessoas”, criando um corredor com cerca de 5 metros de largura entre a Praça do Mercado e a Avenida General Humberto Delgado.

Os trabalhos vão decorrer assim num percurso de 600 metros e algumas artérias laterais, para transformar a Rua dos Pescadores num “ponto de união”, diz o Director Municipal de Obras e Mobilidade, Gabriel Oliveira, que adianta que o perímetro da rua passa a ser exclusivamente pedonal, permitindo apenas o acesso de viaturas para cargas e descargas ao serviço do comércio.

Quanto à repavimentação, será levantado o piso anterior, colocado em 1998, e que desde início a muitos desagradou, quer pela parte visual, quer pela qualidade da obra. O novo chão vai ser branco e preto, cor tradicional da calçada portuguesa, e feito em lajetas. “Apesar de não ser uma obra difícil, obriga a soluções aplicadas e a alguns cuidados relacionados com as soleiras dos edifícios”, diz o técnico.

É que, em quase toda a extensão da rua, por debaixo do pavimento existe uma laje em betão, com mais de dois centímetros. Se fosse retirada aumentaria o preço da requalificação e o tempo de execução.

Cumprir prazos é precisamente uma das condições obrigatórias desta obra. Com um orçamento de 466 mil euros e uma execução de 4 meses, os trabalhos vão decorrer de forma faseada para que não coincidam com o pico de veraneantes de Verão na Costa da Caparica. Ou seja, entre 15 de Junho e 15 de Setembro “não haverá obras”, garante a presidente da Câmara de Almada. Perante uma sala cheia de residentes na Costa da Caparica, no auditório da Freguesia, Inês de Medeiros apontou que seria “muito interessante inaugurar uma obra completa”, mas as características turísticas da localidade não o permitem.

Com o projecto de execução terminado, diz a presidente que acertadas algumas questões com os comerciante e moradores da Rua dos Pescadores, nomeadamente quanto ao estacionamento nesta artéria e adjacentes, e o processo de concurso é lançado, e já nos próximos dias. Se não existirem percalços, nomeadamente por o concurso ficar vazio, ou o protesto de um dos candidatos, os trabalhos poderão começar a tempo de boa parte da obra estar pronta até Junho.

Se assim acontecer, em Setembro recomeçam as obras de pavimentação, escorrências de águas e melhoria das esplanadas pelos proprietários e, em Outubro, a rua deverá receber a inauguração.

“A Rua dos Pescadores tem todas as condições para ser uma referência da Costa da Caparica. Tem de transmitir, para o exterior, a imagem do que ela é e a importância que tem. Ser uma marca”, diz a presidente da Câmara.

Com a esta artéria a ficar vedada ao trânsito, há ainda que resolver a questão dos vendedores ambulantes que, actualmente, vendem de ponta a ponta desta rua. Avança Inês de Medeiros, que esta é uma situação resolvida; portanto, “não haverá venda ambulante nesta rua”, afirma. E quando há quem alegue que o seu ganho depende da venda de artesanato, a autarca indica que os artesãos serão remetidos às ruas laterais da dos Pescadores. “Com a dinamização desta rua, as outras também vão ganhar dinâmica”, afirma.

Coroa de volta para relembrar estada da realeza na localidade

Um dos ex-libris da Rua dos Pescadores era a Casa da Coroa. Um edifício com história local, que foi demolido há 20 anos. Com a requalificação desta artéria central da Costa da Caparica, o brasão que deu nome ao edifício vai voltar para perto da sua secular morada.
Actualmente guardado em depósito da Câmara de Almada, este vai ficar na cimeira de um bloco que assinalará o que foi a presença deste edifício.

Inês de Medeiros diz que a família proprietária do terreno do demolido edifício já foi contactada para se saber que destino pretende dar ao espaço. Uma coisa é certa, o estacionamento ali desaparece e, no local, poderia surgir um espaço verde, esta é uma das propostas da autarquia, mas a presidente afirma que os proprietários é que decidem.
O importante, diz, é a presença da Coroa no local, para dar relevo à história da Costa da Caparica.

veja mais em ::::> Diário da Região

De 8 a 10 de Outubro Via Rápida de Caparica Condicionamento de trânsito

A AEBT–Auto-estradas do Baixo Tejo informa que no âmbito de intervenções na plataforma, no IC20/Via Rápida de Caparica, irão existir algumas implicações na circulação.

De 8 a 11 de outubro
A AEBT–Auto-estradas do Baixo Tejo informa que no âmbito de intervenções na plataforma, no IC20/Via Rápida de Caparica, irão existir algumas implicações na circulação, que serão as seguintes:

No dia 8 de outubro:
Entre as 22:00 do dia 8 e as 7:00 do dia 9, corte de vias direita e central, do km 0 ao km 4, no sentido Almada-Costa de Caparica.

No dia 9 de outubro:
Entre as 22:00 do dia 9 e as 7:00 do dia 10, corte de vias esquerda e central, do km 0 ao km 4, no sentido Almada-Costa de Caparica.

No dia 10 de outubro:
– Entre as 22:00 do dia 10 e as 7:00 do dia 11, corte de via direita do km 7 ao km 4, no sentido Costa de Caparica-Almada;
– Entre as 21:00 do dia 10 e as 7:00 do dia 11, corte de via esquerda desde a rotunda de Almada, ou seja, do km 0 ao km 2, no sentido Almada-Costa de Caparica.

No dia 11 de outubro:
Entre as 21:00 do dia 11 e as 7:00 do dia 12, corte de via esquerda desde a rotunda de Almada, ou seja, do km 0 ao km 2, no sentido Almada-Costa de Caparica.

Veja mais em ::::> ROSTOS

António Costa no Sol da Caparica

18 de Agosto 2019

António Costa mostra-se feliz ao lado da mulher em festival

Casal vive dias felizes, depois de Fernanda Tadeu ter sido operada com sucesso a um cancro no pulmão no mês de junho.
Primeiro -ministro levou a mulher a ver o concerto do amigo Luís Represas.

O programa de sexta-feira do Sol da Caparica prometia, com SeuJorge, Mariza, Carlãi e Luís Represas, entre outros famosos artistas lusófonos, e António Costa decidiu marcar presença no festival desta freguesia do concelho de Almada, com Fernanda Tdeu, mostrando que o pior- a mulher do primeito-ministro foi operada a um cancro no pulmão no mês de Junho- já passou.
Sempre acompanhado pela anfitriã Inês de Medeiros , a Presidente da CÂmara de Almada, António Costa distribuiu sorrisos e cumprimentos aos mais novos e mais velhos, tirou selfies com homens e mulheres, vibrou com o concerto do amigo Luís Represas, mas principalmente aproveitou para se divertir ao lado da mulher, com quem mantém uma relação há 32 anos.
Veka mais em ::::> Correio da Manhã

Incêndio em parque de campismo na Costa da Caparica faz um morto

13/7/2019, 11:58
OBSERVADOR

Um homem de 73 anos morreu na manhã deste sábado, na sequência de um incêndio que destruiu na totalidade a tenda onde se encontrava e ainda nove alvéolos.

Um homem de 73 anos morreu este sábado na sequência de um incêndio no Parque de Campismo Piedense, na Costa da Caparica, concelho de Almada (Setúbal), disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da GNR.

Segundo a fonte da GNR, “uma tenda de campismo ardeu e quando as autoridades chegaram ao local encontraram o corpo de um homem carbonizado”.

Além da tenda, arderam também nove alvéolos – cinco ficaram completamente destruídos e quatro parcialmente -, segundo a mesma fonte.

As causas do incêndio são ainda desconhecidas, indicou a fonte da GNR, acrescentando que a investigação do incêndio passou para a alçada da Polícia Judiciária.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à Lusa que o alerta para o incêndio foi dado cerca das 09:20, tendo sido mobilizados para o local operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas e uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, além da GNR.
VEJA MAIS EM ::::> OBSERVADOR

TVI

Incêndio em parque de campismo na Costa da Caparica faz um morto e um ferido


Rulote de campismo ardeu e quando as autoridades chegaram ao local encontraram o corpo de um homem carbonizado

Um homem de 73 anos morreu, este sábado, na sequência de um incêndio no Parque de Campismo Piedense, na Costa da Caparica, concelho de Almada (Setúbal), disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da GNR.

A TVI sabe que, para além da vítima mortal, as chamas provocaram ferimentos ligeiros a outro campista. A vítima apresenta apenas queimaduras num dos braços.

A vítima mortal teria dificuldades de locomoção, necessitando de usar uma cadeira de rodas para deslocar-se. Residia no parque de campismo com a mulher há vários anos. A esposa, no entanto, não se encontrava no local quando as chamas começaram a propagar-se.

A TVI apurou junto das autoridades que ainda é desconhecido se o incêndio teve origem na rulote da vítima mortal ou no alvéolo ao lado, mas, quando as chamas se descontrolaram, o homem com mobilidade reduzida não conseguiu escapar do local.

vEJA MAIS EM ::::> TVI

Correio da Manhã

Autarquia assume falhas de segurança nos parques de campismo após incêndio na Costa da Caparica

Câmara Municipal admite que na origem do incêndio podem estar problemas de segurança

A Câmara Municipal de Almada admitiu este sábado após o incêndio que matou um homem de 73 anos no parque de campismo Piedense, na Costa da Caparica, que não são cumpridas as medidas de segurança necessárias nestes parques.

“Sabemos que não cumprem”: Em declarações ao Correio da Manhã, a vereadora Francisca Parreira assume as infrações existentes admitindo que estas possam estar na origem do incêndio desta manhã.

Francisca Parreira disse que estes parques estão sobre um “olhar atento” da Câmara Municipal no que diz respeito ao nível de prevenção e das medidas de proteção. No entanto, essas medidas não são cumpridas na sua totalidade tendo em conta a legislação em vigor.

Nas suas declarações, a vereadora explicou que têm sido feitas ações de fiscalização “que envolveram os serviços camarários que tem responsabilidade nesta área”.

Essas ações foram feitas para que “todos os proprietários possam ser notificados para garantirem as medidas de autoproteção”.

Francisca Parreira referiu também que a Câmara Municipal “determinou que os parques n garantirem as condições de segurança vão ter de encerrar. A segurança está acima de qualquer risco, de qualquer avaliação económica ou outra”. A vereadora realçou que “a segurança é uma prioridade” da autarquia.

Veja mais em Correio da Manhã

RTP

Homem de 73 anos morre em incêndio na Caparica

Além da tenda, arderam também nove alvéolos – cinco deles ficaram completamente destruídos.

O alerta foi dado pelas 9h20 e as causas do incêndio são ainda desconhecidas.

A responsável pela Proteção Civil da Câmara de Almada admite que este, como outros parques de campismo da Costa, não cumpre todas as medidas de segurança

Veja o vídeo ::::> RTP

Ano 2000

Incêndio no Parque SFUAP da Costa da Caparica

Enchente no primeiro dia do Sol da Caparica

Por Pedro Rodrigues Santos

Milhares de pessoas vibraram no arranque da quinta edição do evento dedicado à lusofonia

17/08/2018

Um magnífico final de tarde recebeu as primeiras das mais de 20 mil pessoas que ontem marcaram presença no primeiro dia da 5ª edição d’O Sol da Caparica, no jardim urbano da cidade do concelho de Almada. À espera dos festivaleiros estava um cartaz de artistas de qualidade, distribuídos por quatro palcos. “É a terceira vez que venho. Todos os anos tem sido diferente e tem melhorado a cada edição”, contou ao CM Maria Martins, um dos muitos jovens que passaram pelo recinto. Carminho abriu as hostilidades no palco principal. Nem o calor que se fazia sentir impediu a multidão de vibrar com os seus sucessos, antes da entrada em ação de Jorge Palma. Noutro extremo do recinto, eram os Paus a obrigar o público a levantar o pó do chão, ao ritmo das suas canções. Ainda a nuvem de poeira não tinha assentado, e já os Linda Martini prometiam fazer estragos com os temas do seu último trabalho. O encerramento do primeiro dia do festival, neste palco, estava reservado aos Peste & Sida e aos seus inúmeros convidados, enquanto no principal Anselmo Ralph cantava para os corações apaixonados. Hoje o destaque vai para Miguel Araújo, GNR e UHF. “Será um regresso às origens”, afirmou ao CM António Manuel Ribeiro, ou não fosse aquele o local onde há 40 anos os futuros membros do grupo se reuniam. Tim e Renato Gomes, guitarrista dos primeiros UHF, são convidados.

Ler mais em::::> Correio da Manhã

O Dia das Crianças n´O Sol da Caparica é a 19 de Agosto!

Um bilhete com preço simbólico e uma viagem mega divertida por 24 paragens repletas de emoções é o que espera a criançada – e respetivas famílias – no domingo, dia 19 de agosto. Dia pensado especialmente para que os mais novos se sintam no topo do mundo. Um carrossel de alegria! Três super Espetáculos! Recebidos com um passaporte que deverão carimbar a cada nova paragem num mundo de sonhos e brincadeira, os mais miúdos e os graúdos, poderão depois assistir aos espetáculos especiais de Rita Guerra, que vai cantar sucessos da Disney, entoar As Canções da Maria, com a Maria Vasconcelos, e aprender coisas incríveis com o Manuel Paulo e o João Monge, dois conhecidos nomes do universo da música – do Trovante à Ala dos Namorados – que vão estrear um novo conceito no palco d’O Sol da Caparica: O Pátio das Cantigas. Um pátio repleto de grandes cantigas para os filhos e para os pais! Manuel Paulo revela-nos que esta era uma ideia que acalentava há muito e que neste universo de canções para crianças tem por referência, por exemplo, alguns exercícios antigos de Chico Buarque: “sempre me apeteceu fazer isto e o João Monge consegue escrever maravilhosamente sobre coisas comuns. Há um fio condutor nestas histórias que começam na tenra idade, passam pelo primeiro amor pueril e terminam na ida ao primeiro concerto de rock”, revela Manuel Paulo. A voz será de Inês Sousa e em palco haverá mais algumas surpresas que ainda se estão a desenhar, promete o músico. A conferir dentro de pouco tempo! A Disney, pela voz de Rita Guerra, vai ao Sol da Caparica Quanto a Rita Guerra, ela é um dos mais sérios casos de sucesso do nosso país e as suas excecionais qualidades artísticas fizeram dela a escolha perfeita da Disney Portugal para dar voz a alguns dos maiores sucessos de filmes que a todos apaixonam: “A Bela e o Monstro”e o “Cavaleiro Andante”, que cantou com Beto, são ótimos exemplos dos temas que todos vão poder aplaudir. O direito a ser feliz com As Canções da Maria! Finalmente, não nos podemos esquecer do fenómeno autêntico que são “As Canções da Maria”, um espetáculo divertido de Maria Vasconcelos carregado de temas educativos e divertidos que ajudam os mais pequenos a serem felizes e a aprenderem enquanto crescem. O Artista és Tu! Sobe ao palco e mostra o teu talento! Na bateria, na dança ou no microfone e quem sabe, o futuro da musica nacional fará a sua estreia n´O Sol da Caparica! N’ O Sol da Caparica as crianças não são só o melhor do mundo, são também o que há de mais importante. E por isso mesmo este dia foi planeado até ao mais ínfimo detalhe para que todos possam viver as suas fantasias em plena segurança. Um recinto repleto de aventura com 24 pontos de animação, a explorar durante o dia inteiro! Aquário Virtual CMIA! Que sejas bem-vindo ao fundo do mar virtual onde muito há para ver! Visita, explora e claro, aprende muito com o bonito aquário virtual no edifício CMIA e sua magnífica exposição “Almada Atlântica”! Uma verdadeira experiência para toda a família! O Sol da Caparica apoia o Caparica Downwind 2018! O muito aguardado regresso do Caparica Downwind é já este fim de semana a 2 e 3 de junho pelas 11horas. Estão assim reunidas as condições para a grande prova que agrega o SUP – Windsurf – Kitesurf, o início na Praia de S. João até à Praia da Nova Vaga. A não perder este espetáculo de ondas! Breves destaques dos nossos artistas: Tiago Nacarato estreia novo single “A Dança” https://www.youtube.com/watch?v=e9U_ppMlhoI Miguel Araújo prepara-se para lançar “28 noites ao vivo nos Coliseus” “a meias” com outro grande cantautor português e bastante conhecido do Sol da Caparica António Zambujo. O disco tem a sua estreia a 8 de Junho! Em Agosto Miguel Araújo estará no Sol da Caparica !

Ler mais em: Correio da Manhã

MFA na Costa

Abel Pinto | 25 Abril, 2018

O Noticias da Gandaia esteve à conversa com João Andrade no número 3 da Rua Dr. Barros de Castro, na Costa da Caparica, onde em 5 de Dezembro de 1973, se deu um passo decisivo no rumo da liberdade.

O Sr.º João Andrade é filho do Sr.º Carlos Alberto Ferreira de Andrade e neto do Sr.º João Luz Ribeiro da Silva, proprietário da vivenda à data da reunião. O Sr.º João Luz, comerciante de brinquedos (dono da loja Benard no chiado), era um homem imbuído dos ideais Republicanos, sentindo por isso uma natural antipatia pela ditadura em que vivia; cedeu de bom grado a vivenda, sabendo o que se iria passar, impondo uma única condição: ignorar quem iria estar presente na reunião.

Este local foi escolhido por estar afastado dos “radares” da PIDE e devido à amizade entre o Sr.º Carlos Alberto Ferreira de Andrade e o capitão Vítor Alves.

Esta reunião marcou o ponto de “não retorno” do Movimento das Forças Armadas porque nela, e pela primeira vez na cronologia do MFA, participou um oficial superior, o coronel Vasco Gonçalves. Reuniu-se, pela primeira vez, a nova comissão coordenadora e executiva do MFA (que havia sido eleita na reunião anterior realizada em Óbidos em 1 de Dezembro) e, por razões operacionais, foi decidida a criação de várias subcomissões, nomeadamente: subcomissão de ligação aos outros ramos das Forças armadas, subcomissão de ligação na metrópole e ultramar aos camaradas do exército, subcomissão do estudo da situação, subcomissão de recolha de opinião e subcomissão de secretariado. Foi ainda eleita uma Direcção, formada por um elemento das três subcomissões fundamentais, que passou a assumir a responsabilidade das decisões a tomar em situações emergentes. A nova direcção ficou composta por: major Vítor Alves, major Otelo Saraiva de Carvalho e capitão Vasco Lourenço (que em 16 de Março de 1974 iria ser colocado, compulsivamente, nos Açores). A reunião foi realizada ao final do dia, tendo os participantes chegado individualmente e de forma espaçada, de modo a não levantar suspeitas, tendo, no final da reunião, deixado a casa da mesma forma. Além dos elementos da comissão coordenadora e executiva do MFA, estiveram também presentes alguns capitães do exército vindos da zona norte do país.

Ninguém da família do proprietário da vivenda esteve presente na casa, quando se realizou a reunião. No entanto, o Sr.º Carlos Alberto Ferreira de Andrade, amigo de infância do capitão Vítor Alves, no mesmo dia e à mesma hora, organizou um encontro de amigos na casa ao lado, numero 1 (propriedade de outro familiar), para que o movimento de pessoas encobrisse a reunião que se queria manter afastada de atenções inconvenientes.

Veja mais em :::> Notícias da Gandaia

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.