António José Seguro na Fábrica de Tomate em Palmela

palmela111b
. País precisa de mais economia e não de impostos

. Portugal consolidou posição entre os maiores produtores mundiais de tomate

António José Seguro, Secretário Geral do Partido Socialista visitou ontem à tarde, a FIT (Fomento da Indústria de Tomate), em Águas de Moura, concelho de Palmela, a convite da Associação dos Industriais de Tomate.

No decorrer da visita o líder do Partido Socialista manifestou a sua surpresa ao ser divulgado um novo produto a «Cerveja de Tomate», expressando-se agradavelmente sorridente, após a prova que foi proporcionada.

Japão maior cliente da indústria portuguesa de tomate

Foi referido que este é um produto direcionado ao mercado do Japão, país que é o maior cliente da indústria portuguesa de tomate.
De referir que, no último ano, as exportações portuguesas de tomate para o Japão cresceram 33%.
O Japão consome 10% do total do tomate que a a indústria portuguesa exporta e lidera os países que são clientes de Portugal.

Portugal 4º maior exportador mundial

Segundo dados que foram facultados aos órgãos de comunicação social, “fruto dos investimentos e da capacidade empreendedora dos empresários nacionais, Portugal e hoje o 4º maior exportador mundial, exportando a quase totalidade da sua produção (95%).”
No ranking dos maiores exportadores, Portugal posiona-se logo a seguir à china, Estados Unidos e Itália, sendo Portugal o 2º maior exportador europeu, representando 19,8% do total das exportações europeias.
O Secretário Geral do Partido Socialista visitou as instalações, acompanhado por diversos dirigentes socialistas do distrito de Setúbal.

António Costa foge de debates públicos

No final da visita, em contacto com os jornalistas, o líder do Partido Socialista, acusou António Costa, de fugir a debates públicos.

País precisa de mais economia e não de impostos

Por outro lado, António José Seguro, sublinhou que Portugal «tem problemas gravíssimo» alertando para o facto de se registar um aumento na dívida pública.
“O país precisa de mais economia e não de impostos”, referiu o líder do Partido Socialista, acrescentando que – “há uma carga excessiva de impostos”.
António José Seguro afirmou que o Governo liderado por Passos Coelho é o “Governo dos rectificativos”.

Veja mais em ROSTOS

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.