Azeitão – Governo confrontado com queixas de poluição

23 de Outubro 2017

Partido Ecologista Os Verdes questionou o Executivo sobre caso que dura há anos.

A luta da população de Brejos de Azeitão, em Setúbal, pela deslocalização da empresa Carmona, que se dedica à gestão de resíduos perigosos, subiu de tom. Ontem, o grupo parlamentar do Partido Ecologista Os Verdes (PEV) fez chegar à Assembleia da República questões para o Governo sobre a polémica, que se arrasta há já vários anos, em torno da emissão de poluentes tóxicos numa zona habitacional. No documento, dirigido ao Executivo liderado por António Costa, o PEV exige saber qual o ponto de situação do processo de transferência desta empresa para o Parque Empresarial da Sapec Bay, na Mitrena, também em Setúbal. O grupo parlamentar espera uma resposta do Governo no prazo de 30 dias. Quem ainda não obteve reposta foram os moradores que acreditam que o atraso na deslocalização da empresa para a zona industrial está a ser provocado pela tutela do Ambiente. “A empresa quer sair daqui. O inimigo é o ministério, que embarga o processo de mudança e diz que não há poluição. A medição de poluição é feita quando lhes convém”, afirma João Inácio, presidente da Associação Respirar, que foi constituída pela população. No mês passado, o CM esteve no local e os moradores garantem que, desde então, nada mudou. “Desde essa reportagem, já houve dias em que era impossível andar na rua com o cheiro. Era sair do carro e entrar em casa. Apresentamos queixas, mas ninguém faz nada”, critica também Cristina Ganhão, moradora.
O CM solicitou ontem esclarecimentos à Carmona, mas apesar dos pedidos não obteve qualquer resposta.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.