Cavaco Silva distingue Eufrázio Filipe (Seixal) e Maria Amélia Antunes (Montijo)

Cavaco elogia “contributo decisivo” do poder local e distingue 15 ex-autarcas

cavaco

O presidente da república elogiou, esta sexta-feira, o “contributo decisivo” que o poder local deu, nos 40 anos de Democracia, para o desenvolvimento do país e para a coesão social e territorial, e distinguiu 15 autarcas que tiveram pelo menos três mandatos à frente de municípios.

Numa cerimónia que decorreu esta sexta-feira de manhã no palácio de Belém, Cavaco Silva quis “homenagear o poder autárquico” na pessoa destes 15 ex-presidentes de câmara, e “dar conhecimento público” do serviço que prestaram às populações durante vários anos e o seu contributo para o desenvolvimento dos seus concelhos.

Foram distinguidos com o grau de comendador da ordem do mérito os ex-autarcas Álvaro Pedro (Alenquer), António Mendes (Constância), Artur Pimentel (Vila Flor), Carlos Pinto (Covilhã), Carlos Encarnação (Coimbra), Eufrázio Filipe (Seixal), Francisco Leal (Olhão), Francisco Coutinho (Batalha), Francisco Araújo (Arcos de Valdevez), João Augusto Barradas (Peniche), João Teixeira Fernandes (Murça), Manuel Frexes (Fundão), Maria Amélia Antunes (Montijo), Narciso Mota (Pombal) e Parcídio Summavielle (Fafe).

Coube a António Mendes, ex-presidente da câmara de constância, eleito pela CDU, agradecer o reconhecimento do presidente pelo “papel insubstituível e imenso” que o poder local teve na transformação do país desde o 25 de abril. “Que diferença vai entre o Portugal cinzento, pobre e sozinho em que crescemos e o Portugal de hoje que, não obstante os problemas, as carências e as dificuldades que ainda temos, se afirma como um país livre, que recuperou a sua dignidade e prossegue todos os dias a luta pela construção de um futuro melhor”, disse.
Vaja mais em :::> Jornal de Notícias

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.