Comissão faz queixa contra trabalhador da Autoeuropa

31/01/2018

Ação disciplinar em curso para despedir contestatário.

Um processo disciplinar, com vista a despedimento por justa causa, aberto a um funcionário, desencadeado por uma queixa da Comissão de Trabalhadores (CT), está a incendiar o clima na Auroeuropa, já envolta em conflitos por causa do trabalho aos sábados. Ao que apurou o CM, uma troca de palavras mais acesas com um trabalhador – que disse ter-se sentido “enganado” pela CT – levou aquela comissão a fazer queixa aos recursos humanos da fábrica de Palmela, que abriu um processo disciplinar. A CT nega, no entanto, ter feito qualquer queixa contra algum trabalhador da empresa. A atitude da equipa liderada por Fernando Gonçalves poderá levar a retirar da gaveta um abaixo-assinado, que esteve a circular em dezembro, com vista à destituição da Comissão de Trabalhadores. Ao que apurou o CM, os trabalhadores estão revoltados com a CT, recordando que nunca as discordâncias deram origem a queixas à administração. Entretanto, o coordenador do SITESUL, sindicato mais representativo na Autoeuropa, afirmou esta terça-feira que não foi emitido o pré-aviso de greve para 2 e 3 de fevereiro “para não prejudicar as negociações”.

Ler mais em: Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.