Category: Feijó

Almada – Travada cremação de mulher assassinada

Vânia Braz, morta à facada pelo marido, foi ontem a sepultar. Homicida foi cremado

valweflores

Por ordem do tribunal, o corpo de Vânia Braz foi ontem sepultado no cemitério de Vale Flores, em Almada. A mulher, morta à facada pelo companheiro na terça-feira, em Santa Marta do Pinhal, deveria ter sido cremada, mas a Justiça proibiu-o. Em causa, sabe o CM, está a hipótese de ser necessário efetuar novas perícias ao cadáver.

Apesar de o homicida se ter suicidado – e por isso se extinguir o procedimento judicial – as seguradoras poderão solicitar novas diligências para verificar quem tem responsabilidade no pagamento de indemnizações. Recorde-se que Vânia Braz e Pedro André Mestre tinham um filho de quatro anos e exploravam uma frutaria em conjunto.

Vânia foi ontem sepultada numa cerimónia marcada pela emoção e tristeza, que foi acompanhada por cerca de 200 pessoas. Duas horas antes, no mesmo cemitério, realizou-se a cremação de Pedro André Mestre. Por poucos minutos, as famílias da vítima e do homicida não se cruzaram no cemitério.

Para a família da vítima, o homicídio ainda não tem explicação e é classificado como um ato de loucura. “Foi a mente de um ser humano. Não compreendo nem nunca vou compreender”, disse ao CM Maria do Céu Figueira, tia de Vânia. “Nunca houve nada de violento entre eles. Ele nunca tratou mal a minha neta. Foi a hora do Diabo”, acrescenta Fátima Vilar, avó da vítima mortal.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Festas de S. Pedro – Seixal 2005

Marchas nas Ruas do Seixal

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.