Category: espaço

Sonda Kepler terá descoberto “superestrutura alienígena”

Estranhos sinais oriundos de uma estrela distante e captados pela sonda Kepler estão a intrigar os cientistas, que afirmam poder tratar-se de algo construído por uma civilização extraterrestre.

ext1
Lançada em 2009, a sonda Kepler tem como missão a descoberta de planetas semelhantes à Terra fora do sistema solar. A missão tem sido muito bem-sucedida, mas agora os cientistas depararam-se com dados que não se assemelham a nada conhecido até ao momento.

A sonda deteta planetas pela diminuição do brilho provocada pela sua passagem em frente a uma estrela. A diminuição de luz esperada habitualmente é de 1% ou 2%, mas no caso da KIC 8462852, uma estrela localizada a 1500 anos-luz da Terra, a diminuição atinge os 20%.

Para além deste comportamento diferente, a passagem em frente à estrela acontece de forma irregular, o que poderá indicar estarmos na presença de uma “superestrutura alienígena” e não de um planeta, revela o “The Guardian”.

A descoberta foi feita por Tabetha Boyajian, da Universidade de Yale, que põe a hipótese do fenómeno ter sido provocado pela divisão de um cometa, fenómeno que libertaria poeira e que teria sido detetada pelo excesso de luz infravermelha. Até agora, o cientista ainda só pôs em hipótese causas naturais para o caso, mas admite que podem existir “outros cenários”, disse à revista “Atlantic”.

A hipótese da descoberta de uma estrutura extraterrestre está a provocar uma convulsão na comunidade científica – e na Internet – mas o caso ainda está sob investigação.

“Extraterrestres terão de ser a última hipótese a considerar, mas isto parece-se com algo que se esperaria que fosse construído por uma civilização alienígena”, afirmou Jason Wright, um astrónomo da Penn State University, nos EUA.

Veja Mais em :::> Jornal de Notícias

Primeiras imagens reais de Plotão

pluto-colour_3386831k

logo cientistas estão usando imagens coloridas avançados para detectar diferenças na composição e textura da superfície de Plutão. Quando as imagens coloridas em close-up são combinados com dados, e pinta um retrato novo do planeta anão surpreendente. O “coração do coração,” Sputnik Planum, também sugestivo da região de origem do CIEM. Os dois azulado-branca “lobos” que se estendem para o nordeste e sudoeste do “coração” de pode representar ices exóticas sendo Transporte longe Sputnik Planum.

Quatro imagens foram combinadas com dados de cores a partir do instrumento Ralph para criar esta cor melhorada vista global. As imagens, obtidas quando a sonda estava 280.000 milhas (450.000 quilômetros) de distância, o show apresenta tão pequenas quanto 1,4 milhas (2,2 quilômetros).
veja mais em :::> http://www.telegraph.co.uk

A primeira ‘selfie’ no espaço

space-selfie-buzz_3211380k

logo A primeira ‘selfie’ no espaço
veja mais em :::> http://www.telegraph.co.uk
Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.