Gang arrasa 11 ATM por 250 mil euros

cepsa

Cem inspetores da PJ caçaram gang de oito elementos que fizeram fortuna em assaltos.

Onze caixas multibanco completamente arrasadas à bomba, entre a Margem Sul do Tejo e a Costa Vicentina, de outubro de 2012 até ao mês passado, renderam cerca de 250 mil euros aos bolsos de um gang que acabou desfeito anteontem pela Unidade Nacional de Contra-Terrorismo da Polícia Judiciária. A megaoperação contou com cem inspetores e resultou na detenção de oito homens, alguns extremamente perigosos, com idades entre os 22 e os 60 anos.

Têm antecedentes criminais por roubo violento, tentativa de homicídio e tráfico de droga – atuavam sempre armados com pistolas e caçadeiras. Os ataques foram quase sempre concretizados com sucesso. Desde outubro de 2012 que o gang atacava as caixas multibanco com gás – provocando avultados prejuízos materiais. E depois dividiam o dinheiro. Ficaram conhecidos pelas autoridades como o ‘grupo de Águas de Moura’. Um deles já esteve três vezes na cadeia.

Começaram com quatro elementos mas foram recrutando mais membros, nomeadamente no bairro da Bela Vista, em Setúbal. Um deles, Claisson Marques, que hoje também vai ser presente a tribunal, exibia as armas no Facebook da internet.

Sempre que atuavam provocavam grandes estragos. Dois exemplos disso são os ataques à Caixa Agrícola de Palma, em Alcácer do Sal, mas também na bomba de gasolina da Cepsa de Foros da Amora, no Seixal.

Na fuga, os oito assaltantes armados usavam sempre carros roubados, que depois abandonavam ou então incendiavam.
Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.