Hospital Garcia de Orta já ‘internou’ em casa mais de 260 doentes num ano

hospital
Mais de 260 doentes estiveram em hospitalização domiciliária no primeiro ano de funcionamento da única unidade pública do país que permite a pacientes agudos que ficariam internados receber os cuidados em suas casas. O Hospital Garcia de Orta, em Almada, é o primeiro hospital em Portugal a ter uma unidade de hospitalização domiciliária, um modelo usado em vários países e que traz vantagens como evitar infeções hospitalares multirresistentes ou reduzir os custos de internamento. A diretora do Serviço de Medicina e responsável pela Unidade de Hospitalização Domiciliária do Garcia de Orta, Francisca Delerue, explicou à agência Lusa que os doentes têm de aceitar este tipo de solução — que geralmente recebem com agrado –, é forçoso que tenham um cuidador e determinadas condições na habitação.

Ler mais em: Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.