Jerónimo de Sousa ataca PS

Jerónimo não fecha a porta a apoio para viabilizar esquerda.

jeronimo
Jerónimo de Sousa usou ontem a ironia para responder às críticas de Passos Coelho, que acusou os socialistas de quererem formar um “governo extremista” com a CDU e o BE. “É uma ingratidão perante o PS, que sempre alinhou com a política de direita e exploração”, disse o secretário-geral do PCP.

“Não, camaradas, não somos nós que os juntamos [PS, PSD e CDS-PP], são eles que passam a vida juntos e, como se vê, juntos querem continuar”, afirmou Jerónimo de Sousa, no complexo municipal dos desportos de Almada, com cerca de três mil pessoas.

Perante o cenário de que será necessário o apoio comunista para viabilizar um governo de esquerda, o líder da CDU não disse que sim, mas também não fechou totalmente a porta. “Estamos em condições de assumir quaisquer responsabilidades governativas, mas não abdicamos das conceções que temos e do nosso programa para servir o PS”, sustentou Jerónimo de Sousa, já numa arruada pelas ruas de Alcochete.

Veja mais em :::> Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.