Mau tempo na Cova do Vapor

03 de Março 2018

SMAS Almada

Os SMAS de Almada estiveram nas últimas horas a acompanhar a evolução da situação na zona da Cova do Vapor, que resultou do mau tempo que se fez sentir nos últimos dias.

Em colaboração com a Proteção Civil Municipal, os trabalhadores dos SMAS participaram empenhadamente nas ações de limpeza das estradas, nos trabalhos de proteção da orla costeira e várias reparações da conduta de distribuição de água onde foram utilizados diversos meios pertencentes aos SMAS, tendo estas intervenções sido muito importantes para a população.

Os serviços de piquete irão permanecer de prevenção durante a noite, tentando minimizar quaisquer situações que possam vir a ocorrer.

Francisca Parreira Vereadora da Proteção Civil da CM Almada

OBRAS NO TERRENO NA COVA DO VAPOR E 2 TORRÃO
Restabelecido o molhe de defesa costeira na Cova do Vapor com intervenção dos Serviços camarários, SMPC e Administração do Porto de Lisboa.
No Segundo Torrão construida uma barreira de proteção com perímetro de segurança para proteção das casas na frente ribeirinha.
A via de acesso à Cova do Vapor continua interdita.
Os agentes da Proteção Civil estão de prevenção no terreno durante toda a noite.
Porque a proteção civil somos todos nós, proteja-se e não adote posições de risco. Mantenha-se em segurança e não se aproxime de zonas de rebentação, instáveis e/ou sinalizadas como perigosas pela Proteção Civil.

PSD Almada

PSD Almada
3 de Março 2018
O mau tempo que se faz sentir voltou a fazer estragos nas zonas mais sensíveis da Cova do Vapor, pelo que voltámos a mobilizar os meios necessários à reconstrução e limpeza do paredão marítimo.

Estamos a acompanhar a situação em permanência, inclusivamente com o próprio vereador do PSD Miguel Salvado no local, no sentido de minimizar as consequências excepcionais do temporal, e providenciar alguma normalidade aos habitantes das zonas afetadas.

Pedimos-lhe ainda que nos faça chegar os seus relatos de toda e qualquer situação que careça ainda de intervenção da Câmara Municipal de Almada.

Francisca Parreira Vereadora da Proteção Civil da CM Almada

Arribas de erosão em dunas! Uma defesa ecológica ao avanço do mar! Praia de São João da Caparica ontem.

Proteger as dunas é responsabilidade de todos!

O projeto ReDuna nas praias de S. João da Caparica já apresenta resultados positivos no sistema dunar local. Um êxito que poderá vir a ser replicado noutras praias do concelho, mas cujo sucesso depende muito da colaboração de quem utiliza a praia.

ReDuna é o nome dum projeto municipal que está já no terreno e que recuperou o sistema dunar das praias de S. João da Caparica, aumentando a capacidade de retenção das areias e tornando o cordão dunar mais resistente à erosão provocada pelo vento e pelo mar. As dunas são barreiras físicas naturais fundamentais para proteger o litoral da ação dos ventos e das ondas, e limitar o recuo da linha de costa. São também zonas de elevada importância ecológica, onde habitam mais de 50 espécies diferentes de plantas e animais.

1 de Março 2018

Nota de Imprensa da Câmara Municipal de Almada

A forte agitação marítima provocou esta tarde, 1 de março de 2018, danos na estrada de
acesso à Cova da Vapor, Trafaria, no concelho de Almada.

Por motivos de segurança, a estrada vai permanecer, para já, encerrada.

Amanhã, 2 de março, e logo que as condições do mar o permitam, a Proteção Civil Municipal irá fazer uma nova avaliação dos danos e definir quais as condições necessárias para a reabertura da referida via.

Entretanto, foi criado um acesso alternativo para os moradores da Cova do Vapor.

Durante as próximas horas e toda a noite, as diversas equipas da proteção civil de Almada vão continuar no terreno, para acompanhar a situação (Bombeiros, Serviço Municipal de Proteção Civil, GNR e Autoridade Marítima).

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.