Category: Moita

SETÚBAL Protecção civil e bombeiros avisam para perigo de cheias devido a chuva prevista para hoje

16 de Outubro 2017

Distrito está sob aviso Amarelo até às 21 horas com previsão de períodos de chuva forte. Protecção civil municipal lembra que há muitas zonas da cidade vulneráveis a cheias, como Praça do Brasil, Bairro do Montalvão, largos de Jesus e da Misericórdia ou a Praça do Bocage

O Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros de Setúbal adverte para a necessidade de adopção de medidas de prevenção em face da previsão de condições meteorológicas adversas com períodos de chuva forte ao longo do dia desta segunda-feira que podem provocar “cheias rápidas” nalgumas zonas da cidade.

O distrito de Setúbal está sob aviso Amarelo, emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) devido à previsão de períodos de chuva que podem ser fortes e acompanhados de trovoadas. Estas condições, que devem ocorrer até às 21 horas de hoje, devem-se à passagem de uma superfície frontal fria que está a deslocar-se lentamente.

Em comunicado emitido esta manhã, a protecção civil municipal recorda que a chuva forte conjugada com a preia-mar, que será às 13h29), aumenta “consideravelmente” o risco de inundações e alerta para a “possibilidade de cheias rápidas em meio urbano por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem e de inundação por transbordo de linhas de água”.

As zonas historicamente mais vulneráveis a inundações são, de acordo com Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros de Setúbal, a Praça do Brasil, Rua Amílcar Cabral, Praceta Fernando Alcobia, Praceta Quinta do Freixo, Rua do Mormugão, Avenida Dr. Manuel Gamito, Praceta Manuel Nunes de Almeida, Quinta do Quadrado, Rua Alexandre Herculano, Rua Almeida Garrett, Bairro Salgado, Rua da Escola Técnica, Avenida 22 de Dezembro, Estrada da Algodeia, Bairro do Montalvão, Avenida dos Combatentes, Largo de Jesus, Avenida 5 de Outubro, área entre a Avenida 5 de Outubro e o Largo da Misericórdia e Praça de Bocage.

A protecção civil recomenda a adopção de medidas preventivas e de autoprotecção, designadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objectos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas.

É recomendada também uma “condução defensiva”, com velocidade reduzida devido à possibilidade de existência de lençóis de água nas estradas e buracos no pavimento ou tampas de esgotos levantadas.

Veja mais em ::::> Diário da Região

Regata une Lisboa à Moita

8 de Outubro 2017

Espetáculo “único no Tejo” acontece desde 1845 e conta com a participação de dezenas de embarcações.

Dezenas de embarcações engalanadas cumpriram ontem a 172ª edição da Real Regata de Canoas, no rio Tejo. A prova, organizada pela associação Marinha do Tejo, teve como ponto de partida a zona da antiga praia de Pedrouços, na frente ribeirinha de Lisboa, e terminou no cais da Moita. Este espetáculo “único no Tejo” acontece desde 1845 e conta com a participação de dezenas de embarcações, como canoas, catraios, varinos, faluas e botes de fragata. Nesta prova, as embarcações podem optar por participar na competição ou percorrer o rio a passeio. Este ano, foram realizados rastreios visuais na zona de chegada.

Ler mais em: Correio da Manhã

SETÚBAL: CDU PERDE TRÊS BASTIÕES PARA PS


Não é o distrito onde a CDU tem o maior número de perdas, mas é aquele onde a derrota terá certamente maior impacto (pela dimensão populacional e pela carga simbólica dos concelhos em causa para os militantes comunistas). Barreiro, Almada e Alcochete são agora presididos pelo PS (no sismo sofrido na Península de Setúbal, os comunistas perderam ainda a maioria absoluta em Palmela e Seixal). A CDU continua a ser a força com mais câmaras no distrito (oito), é verdade. Mas o PS, que só tinha um município na margem ribeirinha (Montijo), tem agora mais três nessa faixa (e ainda um quinto concelho mais a Sul, Sines). Com o rombo sofrido no distrito, os comunistas deixaram de ser o partido com mais câmaras na Área Metropolitana de Lisboa, da qual fazem parte 18 municípios dos dois lados do rio.

Veja mais em :::> EXPRESSO

“Tarde do Fogareiro” junta 10 mil pessoas na Moita

A “Tarde do Fogareiro”, que decorreu no dia 15 de Setembro, à tarde, juntou 10 mil pessoas, sendo um dos momentos altos das Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, na Moita.


A seguir à largada, assim que são recolhidos os touros, a avenida Dr. Teófilo Braga, transforma-se num enorme espaço de convívio e animação: as mesas são montadas, os fogareiros acesos, os amigos chegam e a animação começa com comes e bebes. O Grupo de Bombos de Santa Maria de Jazente de Amarante, a Charanga Musical Huga-Huga, do Rosário, e o “Fogareiro Eléctrico”, com Nélio Pinto, completaram esta tarde de convívio e boa disposição.

Para o presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, a “Tarde do Fogareiro”, decorreu “bem, com uma boa participação, como é habitual, com a avenida repleta de gente um ambiente agradável”. “Faço um balanço positivo, tornou-se um símbolo das Festas da Moita com gente que vem de outros municípios, com uma grande massa de pessoas a participar”, concluiu o edil.

Veja mais em ::::> Setúbal Mais

Concurso prevê reforço de médicos de família na Península de Setúbal

Para a Península de Setúbal estão previstos mais de 50 médicos de medicina geral e familiar: 17 para o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Almada-Seixal, 18 para o ACES Arco Ribeirinho e 18 para o ACES Arrábida. Estas vagas, a serem preenchidas, vão permitir a atribuição de médico de família a mais cerca de 90 mil utentes.

O concurso para a contratação de recém-especialistas de Medicina Geral e Familiar já foi aberto. Das 218 vagas previstas para a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), quase 25% são para a Península de Setúbal, o que permitirá aumentar o número de utentes com médico de família atribuído.
Para a Península de Setúbal estão previstos mais de 50 médicos de medicina geral e familiar: 17 para o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Almada-Seixal, 18 para o ACES Arco Ribeirinho e 18 para o ACES Arrábida. Estas vagas, a serem preenchidas, vão permitir a atribuição de médico de família a mais cerca de 90 mil utentes.
Este concurso dá continuidade ao compromisso assumido pela ARSLVT de melhorar a resposta assistencial aos utentes, garantindo o acesso a cuidados de saúde de qualidade, adequando os recursos disponíveis às necessidades em saúde. Este trabalho tem passado por reforçar, sempre que possível, o número de profissionais nas várias unidades. Destaca-se, por exemplo, o reforço feito recentemente no Centro de Saúde da Baixa da Banheira, com mais horas médicas.
O Aviso n.º 10362/2017 foi publicado no dia 11 de setembro em Diário da República e determina a abertura de um procedimento concursal nacional para o preenchimento de 290 postos de trabalho para a categoria de assistente, em medicina geral e familiar, em todo o país.
Na semana passada já tinha sido publicado em Diário da República o Despacho n.º 7810/2017, que identificava os serviços e estabelecimentos de saúde e respetivas unidades funcionais classificados como carenciados, na área de medicina geral e familiar, tendo em vista a abertura do concurso.

Veja mais em ::::> Rostos

Forcado Fernando Quintela morre após uma colhida de um touro na Moita

16/09/2017

O forcado dos Amadores de Alcochete Fernando Quintela, de 26 anos, morreu na madrugada de hoje no hospital de São José, em Lisboa, na sequência de uma colhida de um touro.

O jovem, que pegava de caras na sexta-feira à noite, na Praça de Touros Daniel Nascimento, no decorrer de uma corrida foi ferido com gravidade por um touro pertencente à ganadaria de Prudêncio, com 530 quilos.

Fernando Quintela foi imediatamente assistido na enfermaria da Praça de Touros tendo mesmo sido socorrido pela equipa da VMER (Veículo de Emergência do INEM) e transportado para a unidade hospital de Lisboa, onde não resistiu às fortes hemorragias internas.

O acidente que vitimou o forcado ocorreu na última corrida de toiros inserida na Feira Taurina da Moita, a maior do país, num concurso de ganadarias onde foram lidados toiros de Murteira Grave, Ascensão Vaz, Prudêncio, António Silva, Fernandes de Castro e Veiga Teixeira.

Nessa noite, em praça estiveram os cavaleiros João Moura Jr., João Telles Jr. e Francisco Palha, bem como os forcados de Évora e Alcochete.

À família e ao grupo de forcado de Amadores de Alcochete o DIÁRIO DA REGIÃO apresenta as suas mais sentidas condolências.

Veja masi em :::> Diário da Região

Moita-Antiga Fábrica do Sal Vai nascer uma superficie comercial

Nas instalações da antiga Fábrica do Sal e da empresa FIAT, na freguesia da Baixa da Banheira, concelho da Moita, segundo informação que obtivemos vai nascer uma nova superficie comercial

As antigas instalações da Fábfica do Sal, que muitos referem como sendo do Lavradio, ficam localizadas na freguesia da Baixa da Banheira, concelho da Moita.

Durante alguns anos aquele equipamento esteve ao abandono, entretanto estão a decorrer obras, e, por essa razão diversos leitores têm questionado sobre o que ali vai nascer.

Segundo contacto que estabelecemos com Nuno Cavaco, presidente da União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, naquele local vai ser instalada uma loja do grupo Continente e também uma loja de venda de produrtos chineses.

Veja mais em ::::> Rostos

Trabalhadores da Amarsul avançam com dois dias de greve

Trabalhadores exigem o aumento dos salários e subsídios.

s trabalhadores da Amarsul, responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos urbanos da margem sul, vão realizar dois dias de greve, exigindo o aumento dos salários e o respeito dos direitos inscritos no acordo de empresa, anunciou hoje o sindicato. “Os trabalhados da Amarsul vão realizar uma greve das 00h00 às 24h00 do dia 14 e das 00h00 às 24h00 do dia 16”, anunciou o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Sul (Site-Sul). Segundo o sindicato, os trabalhadores exigem o aumento dos salários e subsídios, o respeito dos direitos inscritos no acordo de empresa e defendem a reversão da privatização dos serviços de tratamento e valorização de resíduos. Segundo o documento do pré-aviso de greve, os trabalhadores estão também “contra a continuada distribuição de dividendos impostas pelo acionista maioritário Mota-Engil SA da riqueza criada pelos trabalhadores e pela distribuição das mais-valias criadas de formas justa e equitativa”. Em julho de 2015, a Amarsul passou a integrar o grupo Mota-Engil por via da aquisição da Empresa Geral de Fomento (EGF), detentora de 51% do capital social da Amarsul. A Amarsul é responsável pelo tratamento e valorização dos resíduos urbanos dos nove municípios da Península de Setúbal (Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal).

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/trabalhadores-da-amarsul-avancam-com-dois-dias-de-greve

O “Setúbal na Rede” acabou ?

O fim de um pioneiro digital

Ao que tudo indica, o Jornal Digital “Setúbal na Rede” deixou de funcionar.
Nem comunicados, nem lamentos, nem informações….. nada.
Apenas imagem no site que diz:
“Fazia hoje 19 anos de vida…. Era jovem cheio de potencial mas acabou !!!!”
O primeiro jornal digital do Distrito de Setúbal , abandona assim a actividade de uma forma indigna do seu historial e da contribuição social que deu ao nosso Distrito.
Quem partilha? Quem comenta ? quem lamenta?
Ninguém !
O pioneiro da Informação na Internet, sai de cena e ninguém repara.
O que foi inovador foi ele próprio ultrapassado pela inovação.

Pedro Brinca – Director do Setúbal na Rede

Não posso aqui fazer um historial do “Setúbal na Rede” pois nunca estive ligado á Direcção.
Sou apenas um seguidor que acompanhou os 19 anos de vida do jornal e que reconhece no seu Director Pedro Brinca, uma pessoa seriamente empenhada e de um profissionalismo a toda a prova.
Espero que o espólio noticioso que guardaram ao longo de quase 2 décadas não se tenha perdido e que de alguma forma possa encontrar um caminho para continuar com o vosso projecto.
Desejo-vos as maiores felicidades.

Gabriel Quaresma
Março 2017

Veja mais em ::::> setubalnarede.pt

No distrito de Setúbal elevada adesão à greve do sector da Saúde Barreiro USF Arco Ribeirinho encerrou à tarde

Centro Hospitalar de Setúbal – 95% adesão, turno noite e manhã

greve dos trabalhadores do sector da Saúde esmagadora maioria, assistentes técnicos e assistentes operacionais, no distrito de Setúbal registou uma elevada adesão na esmagadora maioria dos hospitais e centros de saúde, refere uma nota da União dos Sindicatos de Setúbal.

Grande Adesão dos Trabalhadores do sector da Saúde
Função Pública

A greve dos trabalhadores do sector da Saúde esmagadora maioria, assistentes técnicos e assistentes operacionais, no distrito de Setúbal registou uma elevada adesão na esmagadora maioria dos hospitais e centros de saúde:

Centro Hospitalar de Setúbal – 95% adesão, turno noite e manhã;

Centro Hospitalar Barreiro/Montijo – 81% noite, 85% manhã;

Hospital do Litoral Alentejano – 95% noite, 70% manhã;

Hospital Garcia de Orta – 70% noite, 95% manhã.

Centros de Saúde

Setúbal – USF S. Filipe, Sto. Isidro, Praça da República e USF Luisa Todi encerrados;

Almada – Feijó, USF Pragal, USF Costa Caparica encerrados e USF Almada 75%;

Seixal – Fernão Ferro, Pinhal Frades, USF CSI Setúbal encerrados Amora 75% encerramento à tarde, e Rosinha 75%;

Barreiro – USF Arco Ribeirinho encerrado à tarde

Na origem da adesão à greve estão as justas reivindicações dos trabalhadores pela dignificação das suas carreiras profissionais, pela contratação de mais trabalhadores, pela aplicação das 35H a todos os trabalhadores, pelo fim da precariedade dos vínculos no SNS e em defesa do SNS.

A União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN saúda os trabalhadores dos distrito que hoje expressaram o seu desagrado exigindo do Governo que se reponham e ampliem os direitos dos trabalhadores do sector da Saúde (F.P.) pois só desta forma podem os utentes e as populações ter um SNS que dê resposta aos cuidados de saúde a serem prestados a todos.

A C. E. União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN

veja mais em ::::>Rostos

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.