Palmela: Ovelha a rainha do Festival Queijo, Pão e Vinho

quinta1

A organização do Festival Queijo, Pão e Vinho de Quinta do Anjo apresentou o programa desta edição na Casa Mãe Rota de Vinhos. A XX edição do Festival vai receber animação para todas as idades

Vai ser um fim-de-semana em cheio em S. Gonçalo, Quinta do Anjo, em Palmela, onde a rainha do certame vai ser a ovelha e o queijo porque por acréscimo virá o pão e o vinho.

De 4 a 6 de Abril todos os caminhos vão dar ao antigo espaço de leilões de gado em S. Gonçalo, numa breve apresentação a organização do certame salientou de que “todas as coletividades da região foram convidadas a participar no XX Festival do Queijo, Pão e Vinho, mas só algumas é que aceitaram o convite porque outras não tem hipóteses de momento de estar” o XX Festival quer assim introduzir ano após ano a envolvência de todo o movimento associativo do concelho, mas em tempo de crise é muito dificil o fazer.

Um dos pontos altos que foi destacado na apresentação do programa foi a XXIV Qualificativa de Machos Reprodutores “Ille-de-France” um evento que enche o recinto para ver os mais robustos da espécie ovina, outro ponto destacado foi a recuperação da tradição de outros tempos com a missa na Capela de S. Gonçalo e a benção dos rebanhos.

Para o Presidente da Câmara de Palmela “não se podia viver sem o queijo, o pão e o vinho” o Festival que se realiza em S. Gonçalo é uma das mais importantes montras que se faz em todo o concelho de Palmela – o certame é um local em que leva até aos visitantes os produtos regionais da regionais.

Em 2013 as visitas durante os três dias chegaram aos 16 mil visitantes, a maioria vem pela primeira vez e muitos deles são da área metropolitana de Lisboa.

Álvaro Amaro referiu ainda “os visitantes chegam ao certame através de outros visitantes e através dos meios de comunicação social pelos mecanismos digitais”

Este ano o XX Festival Queijo, Pão e Vinho terá 42 participantes o mesmo número do ano passado e conta com entradas no recinto de um euro. Relativamente aos apoios dados à organização a mesma salientou de que “este ano é mais difícil devido à falta de apoio da Junta de Freguesia mas a nível de apoio logístico teremos o mesmo do ano passado” com um orçamento de 30 mil euros a organização espera manter a mesma qualidade dos outros anos.

As novidades nas atividades são diversas que vão desde as atividades equestres passado pelas degustações do queijos e vinhos, outra aposta que é mantida são os workshops com os chefes de cozinha mais conhecidos no sector que vão estar os três dias a preparar pratos e doces onde a base será o queijo.

Veja mais em :::>Diário do Distrito

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.