Relatório das Finanças deteta irregularidades na anterior gestão CDU em Almada

A Assembleia Municipal de Almada reuniu-se em sessão extraordinária no passado dia 25 de Outubro para análise do relatório da Inspeção Geral de Finanças no que diz respeito a contratação pública efectuada pelo anterior executivo CDU.

Presidente da Câmara – Inês de Medeiros

]

“Quase todas as aquisições públicas analisadas pela IGF apresentam irregularidades ”
Presidente da Câmara – Inês de Medeiros

António Pedro Maco – CDS/PP

“Começamos a ver hoje como foi a gestão da CDU em Almada”
António Pedro Maco – CDS/PP

João Geraldes – CDU

“São apresentadas desconformidades de procedimentos legais”
João Geraldes – CDU

José Rocha – BE

“Incúria o inaptidão?”
José Rocha – BE

Maria Luís Albuquerque – PSD

“Não foram observados os princípios de legalidade”
Maria Luís Albuquerque – PSD

Carlos Guedes – Independente

“Eu sou co-responsável”
Carlos Guedes – Independente

Artur Alfama – PAN

“Proponho a criação do Gabinete da Auditoria Interna ”
Artur Alfama – PAN

Ivan Gonçalves – PS

“Leviandade é a forma como a bancada CDU encara esta situação”
Ivan Gonçalves – PS

Pedro Matias – PS

“Funcionários incorrem em responsabilidade criminal
vereadores incorrem em responsabilidade financeira”
Pedro Matias – PS

Presidente Inês de Medeiros
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=S5uGeEbaC2w&w=560&h=315]

“A República Popular de Almada era um lugar à parte”
Presidente Inês de Medeiros

Margarida Lourenço – PS

Margarida Lourenço – PS

“A CDU não tem noção do que aconteceu”
Margarida Lourenço – PS

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.