Category: Fernão Ferro

Moradias vão abaixo no Seixal

26/06/2018

Construções embargadas na área de servidão da NATO.

Quatro proprietários da freguesia de Fernão Ferro, no concelho do Seixal, foram esta segunda-feira notificados pela Marinha de que estão impedidos de continuar a obra de “construção de infraestruturas para habitação”. A explicação avançada para o embargo resulta das moradias estarem na área de servidão militar do Depósito de Munições da NATO, localizado naquela zona. A área é sensível em termos de explosivos podendo, em caso de acidente, colocar em risco a vida dos proprietários dos terrenos. É, por isso, proibida a construção de habitações, sendo apenas permitida a criação de apoios para a prática agrícola. A decisão de embargo por parte do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, estabelece que “em caso de incumprimento, o proprietário do terreno é informado que pode sujeitar-se à posse administrativa, por parte do Ministério da Defesa Nacional, para a execução da demolição e à fixação do competente regime sancionatório”. Os donos das obras ficam também responsáveis pelo pagamento dos encargos inerentes às demolições das habitações construídas sem a necessária licença da autoridade militar. PORMENORES Dois embargos em março Em março, dois outros proprietários da freguesia de Fernão Ferro, no concelho do Seixal, foram notificados para procederem aos trabalhos de demolição do edificado, por estar em causa a segurança de pessoas e bens. Duas realidades distintas A área de servidão militar do Depósito de Munições da NATO reparte-se pelos concelhos de Sesimbra e do Seixal. O primeiro município sempre impediu a construção. No Seixal, pelo contrário, após o 25 de Abril de 1974, surgiram construções.

Ler mais em: Correio da Manhã

Seixal-Autarquia solicita reunião ao ministro da Educação

A autarquia informou que vai enviar um pedido de reunião ao ministro da Educação a alertar para a necessidade urgente de construção da Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos de Fernão Ferro, nas Laranjeiras, freguesia de Fernão Ferro.


25 de Agosto 2017
O encontro teve lugar hoje, sexta-feira, dia 25 de agosto, junto ao terreno previsto para a construção deste equipamento.

Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal, referiu que «na freguesia de Fernão Ferro, em franco crescimento, não existe nenhuma escola dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, pelo que é urgente e necessária a construção de um equipamento desta natureza para todos os alunos que moram e estudam na freguesia.”

Recordamos que apenas existe a Escola Básica Carlos Ribeiro, sede do Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades, que abrange as escolas da freguesia de Fernão Ferro, mas que se localiza na União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires e que conta atualmente com cerca de 10 turmas a mais do que a dimensão da escola prevê, pelo que não serve os interesses dos munícipes desta área de residência e coloca inclusive o ensino destas crianças e jovens em causa.

Neste sentido, Joaquim Santos acrescentou que “vamos pedir uma reunião ao sr. ministro da Educação enviando todos os dados para que seja sensível a esta necessidade».

A construção desta escola viria suprimir as dificuldades sentidas e capacitar o concelho com uma infraestrutura que poderia acolher cerca de 750 alunos, dos 2.º e 3.º ciclos, tendo por base que a mesma teria capacidade para 25 salas com 30 alunos por turma.

No ano letivo 2016-2017, a freguesia de Fernão Ferro tinha 160 crianças do pré-escolar (4 jardins de infância) e 680 alunos do 1.º ciclo (4 escolas básicas), números que demonstram a necessidade de construção de uma escola dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico nesta localidade, que pudesse acolher os alunos que transitam para estes ciclos de estudo.

Veja mais em :::> CM Seixal

Seixal 2016 Condutor atropela ciclista e foge

ciclista

Click aqui para ver o vídeo

Um condutor atropelou uma ciclista que seguia na berma da estrada, na zona do Fogueteiro (Seixal). A manobra, de tão brusca, parece intencional. Sem abrandar, o condutor do Opel Corsa vermelho fugiu do local do acidente, que aconteceu na Estrada Nacional 378, junto ao nó da A2 para Setúbal. O caso aconteceu ao início da tarde desta terça-feira. Um condutor que circulava na EN378 no sentido Sesimbra-Seixal, filmou o carro vermelho que seguia à sua frente, cometendo várias infrações de trânsito. Logo a seguir ao desvio para a A2, o carro vermelho guina para a direita e invade a berma. Choca de frente com uma ciclista, que é projetado e fica imóvel no chão. O condutor do carro vermelho afasta-se rapidamente do local, indiferente ao estado de saúde da vítima. A pessoa que filmou a cena encostou o carro prestar assistência à ciclista e perdeu o carro do agressor de vista.

Ler mais em: :::> Correio da Manhã

Seixal Um morto em colisão que desfez dois carros

Choque frontal arrancou a frente e o eixo a BMW. Condutor foi projetado e morreu.

acidente-seixal

O BMW branco ficou sem a parte da frente e o eixo desfeito só parou a 30 metros da carroçaria. Andriy Berezovsky, ucraniano de 25 anos a viver há muitos anos em Portugal, foi projetado do carro e teve morte imediata. Foi a única vítima mortal da colisão frontal, na madrugada de ontem, na estrada que liga Fernão Ferro a Coina, no Seixal. Na outra viatura, um jipe Mitsubishi, seguia um casal – ela de 31 anos e ele de 34 –, que sofreu ferimentos graves. Como o CM testemunhou no local – a avenida 10 de Junho –, os destroços ficaram espalhados ao longo de quase 50 metros, nos dois lados da estrada. A colisão, investigada pela GNR, teve lugar pelas 04h25. Quando as forças de segurança e equipas de socorro chegaram junto do acidente, depararam-se com um cenário de destruição. Dentro do jipe encontrava-se ferido o casal, que teve necessidade de ser desencarcerado. A alguns metros de distância encontrava-se o BMW, apenas reconhecível devido à traseira da viatura. Não tinha motor nem eixo da frente, separados pelo embate. O disparo dos airbags não foi suficiente para salvar a vida de ‘Bere’, como era conhecido entre os amigos. Os dois feridos foram assistidos pelos Bombeiros do Seixal e pelas equipas médicas que seguiam nas VMER dos hospitais Garcia de Orta, em Almada, e do Barreiro. Enquanto decorriam as operações, a estrada esteve cortada. Procedeu-se depois à retirada das viaturas e à limpeza da via. A circulação só foi retomada na normalidade pelas 09h00.

Ler mais em: Correio da Manhã

Fernão Ferro – Condutora 3 dias perdida no mato

fferro

Uma mulher de 64 anos desorientou-se domingo na estrada entre Fernão Ferro e Sesimbra (onde reside) e levou o carro para uma estrada de terra batida no limite do concelho do Seixal. Perdida, acabou por abandonar a viatura e procurar ajuda a pé e à chuva. O filho deu o alerta para o desaparecimento e a mulher foi encontrada apenas no dia 11, três dias depois, confusa e em hipotermia no meio do mato denso.

Segundo apurou o CM junto de fontes policiais, a mulher não terá problemas cognitivos, apenas se “desorientou na condução, na zona da rotunda do Marco do Grilo, e acabou por entrar numa estrada de terra batida junto ao depósito de munições da Nato”, explicou uma das fontes. Com a chegada do fim do dia 8 (domingo), o filho deu conta do desaparecimento à GNR de Sesimbra. Mas não formalizou a queixa, fazendo-o apenas no dia seguinte à PSP.

Nesse dia 9 telefonou à GNR de Fernão Ferro, sabendo que a mãe deveria ter feito a estrada nacional que ali passa para Sesimbra. A GNR bateu terrenos e estradas e veio a encontrar no dia 10 o carro abandonado. Foram mobilizadas várias patrulhas e os Bombeiros do Seixal, que com holofotes vasculharam a zona até às quatro da madrugada de dia 11 (quarta-feira). Aflito, o filho foi ajuda ativa nas buscas.

Às oito da manhã, quando já estavam no local cães pisteiros da GNR prontos a entrar em ação, a mulher foi encontrada nas imediações. Estava em hipotermia (passou três dias e duas noites ao relento) e confusa. Foi assistida no hospital.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Rega a mulher com gasolina e ateia fogo

GNR deteve homem de 27 anos em Fernão Ferro, no concelho do Seixal
fogoff

A GNR deteve um homem de 27 anos suspeito de ter queimado a companheira após a ter regado com gasolina, por volta das 05h00 desta sexta-feira, em Fernão Ferro, no concelho do Seixal, disse à agência Lusa fonte da GNR de Setúbal. Segundo a mesma fonte, o suspeito foi detido pouco depois por elementos da corporação e está neste momento à guarda da Polícia Judiciária de Setúbal. A vítima, uma mulher de 26 anos que as autoridades dizem ser companheira do agressor, foi transportada ao Hospital Garcia de Orta, em Almada. Fonte hospitalar confirmou à Lusa que a vítima deu entrada durante a manhã desta sexta-feira no Hospital Garcia de Orta, adiantando que foi, posteriormente, transferida, de helicóptero, para um Hospital do Porto.

Ler mais em: Correio da Manhã

Fernão Ferro comemora 25 de Abril a pedalar

Fernão Ferro Automoveis Antigos 2009

Carros antigos no Seixal


Seixal – 25 de Abril 2006

Comemorações do 25 de Abril em Seixal, Arrentela e Fernão Ferro


Fernão Ferro – 25 de Abril 2002

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.