Tag: assassinado

Homenagem a GNR assassinado na Quinta do Conde

Mais de mil pessoas participaram este sábado numa marcha silenciosa de homenagem ao jovem elemento da GNR assassinado a semana passada, em serviço, na Quinta do Conde, em Sesimbra.

qtaconde
Tomei a iniciativa de organizar a manifestação na sequência da tragédia que nos levou três pessoas da comunidade, sendo que dois deles eram agentes de polícia, da GNR e da PSP”, disse aos jornalistas Maria Bell, promotora da manifestação deste sábado através de uma rede social na Internet.

uma maior atenção a estes agentes, à polícia à GNR, porque esta situação está a revoltar vivamente a população. É bom que eles (MAI) se debrucem sobre isto e que façam uma melhor apreciação, porque as coisas não podem continuar assim. Eles (GNR e PSP) precisam de mais efetivos nas ruas, não podem ir dois agentes, num jipe velho, acorrer uma situação destas”, acrescentou.

Maria Bell, antiga colaboradora da Cruz Vermelha, decidiu convocar a manifestação na sequência do triplo homicídio que ocorreu no passado dia 29 de agosto na Quinta do Conde, quando um homem assassinou um vizinho e agente da PSP, e o filho deste, acabando, pouco depois, por também balear mortalmente o jovem militar da GNR Nuno Anes, de 25 anos, que acorreu ao local do crime em serviço.

Entre os manifestantes, que desfilaram este sábado entre a Junta de Freguesia da Quinta do Conde e o posto local da GNR, participaram também representantes de sindicatos de polícia e da Associação dos Profissionais da Guarda (APG).

“Lamentamos que estas situações aconteçam e que continue a não haver o reconhecimento da profissão e do risco que nós temos. É preciso que alguém que tutela as forças de segurança reconheça que a nossa profissão, por situações como esta, é uma profissão de risco, uma profissão de desgaste rápido”, disse aos jornalistas José Miguel, vice-presidente da APG.

“Alguém tem de pensar na forma de legislar como se deve reconhecer o risco e a profissão de agente da autoridade”, acrescentou.

Veja mais em ::::> Jornal de Notícias

JOVEM DE 19 ANOS ASSASSINADO EM ALMADA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Um jovem de 19 anos foi esta quarta-feira, 27 de maio, morto a tiro de caçadeira em Almada. O suspeito, de 69 anos, é o proprietário da casa que a vítima habitava.

O alerta foi dado pelas 13h00 com a GNR a chegar ao local e a encontrar o suspeito ainda armado, vindo a ser posteriormente entregue à Polícia Judiciária. O jovem foi socorrido pelo INEM, mas não resistiu aos ferimentos durante o transporte ao hospital.

O crime aconteceu na localidade de Porto Brandão, freguesia da Caparica, em Almada diante da namorada da vítima. Em causa pode estar a intenção do suspeito, que recebia a correspondência do jovem, em não devolver um cheque de 180 euros do Rendimento Social de Inserção.

A investigação está a cargo da Policia Judiciária.
Ver mais em ::::> Setúbal TV

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.