Tag: Costa Caparica

Corpo de homem de 45 anos encontrado em praia da Costa da Caparica

Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias do incidente, na praia da Bela Vista.

O corpo de um homem de 45 anos foi encontrado, nesta madrugada, na Praia da Bela Vista, na Costa de Caparica, disse à Lusa fonte do piquete de serviço da Polícia Marítima local. A Polícia Marítima da Costa de Caparica, no concelho de Almada, distrito de Setúbal, tinha sido contactada, no sábado, por uma pessoa do local de trabalho do homem em causa, por este não ter comparecido ao serviço, referiu a mesma fonte. Em seguida, a Polícia Marítima da Costa de Caparica iniciou buscas e encontrou o corpo, já cadáver, às quatro da manhã deste domingo, numa área não concessionada do areal da Praia da Bela Vista. A mesma fonte adiantou à Lusa que o corpo vai ser removido para a morgue, estando a Polícia Judiciária a investigar as circunstâncias do incidente.

Ler mais em: Correio da Manhã

Limpar a praia da Fonte da Telha (vídeo)

21 de Janeiro 2018
Um grupo de amigos e o BioSeixal, organizaram uma limpeza da praia numa manhã de Domingo

CLICK AQUI PARA VER AS FOTOS

Costa da Caparica – Militar da GNR esfaqueada em maio suicidou-se

Sabrina Espada, militar da GNR na zona da Costa da Caparica, morreu depois de, na segunda-feira, ter dado um tiro na cabeça.

gnrcaparica
A jovem de 24 anos não morreu no imediato. Foi levada para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde lhe foi induzido o coma. Contudo, os ferimentos provocados pela arma foram fatais e Sabrina não resistiu.

“Nunca há só uma causa para o suicídio. Não podemos ser simplistas”, disse ao Notícias ao Minuto José Alho, presidente da Associação Sócio-Profissional Independente da Guarda, lamentando o facto de uma “miúda” ter posto termo à vida.

Sabrina, de 24 anos, estava de baixa médica depois de, em maio, ter sido perseguida e esfaqueada por um gangue após mais um turno de trabalho.

Os três homens perseguiram-na no caminho para casa e conseguiram obrigá-la a parar o carro na zona dos Capuchos, em Almada. Sem ter como resistir, a jovem militar foi arrastada para fora da viatura, espancada e esfaqueada na zona do pescoço.

Levada para o Hospital Garcia de Orta, Sabrina teve alta pouco depois, pois os ferimentos não a faziam correr risco de vida, pelo menos os físicos.

Os ferimentos psicológicos, esses sim, foram fatais e a jovem acabou por tirar a própria vida.

Para José Alho é preciso que os “comandos diretos dos militares da Guarda estejam mais atentos” para poderem antecipar e evitar estas situações.

“O comando direto – falo dos postos, dos destacamentos – parece que leva estas situações de ânimo leve e não conseguem descobrir atempadamente que aquela pessoa, que até já falou em suicídio, não está a fazer bluff”, referiu, apelando a uma “maior sensibilidade” das chefias para os problemas de quem tem de lidar diariamente com os cidadãos e com a pressão a que estão sujeitos no cumprimento das suas funções.

veja mais em ::::> Notícias ao Minuto

Apanhados falsos recibos verdes na Caparica e Fonte da Telha

caparica

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) anunciou hoje ter detetado 17 trabalhadores não declarados e três em trabalho dissimulado durante uma ação inspetiva a unidades de restauração nas praias da Costa de Caparica e Fonte da Telha.

Segundo um comunicado da ACT, as irregularidades foram detetadas durante uma ação inspetiva efetuada no concelho de Almada pelo Centro Local da Península de Setúbal no dia 08 de julho, no âmbito do “combate ao trabalho não declarado e dissimulado, vulgarmente conhecido como falsos recibos verdes”.

A operação de fiscalização da ACT, que teve a colaboração da Polícia Marítima, incidiu sobre 15 entidades empregadoras com um total de 102 trabalhadores, indica o comunicado.

O combate ao trabalho não declarado e dissimulado é uma das prioridades da ACT, que diz estar a desenvolver, de norte a sul do país, um conjunto de ações de informação e inspeção sobre este tipo de irregularidades nas relações de trabalho.

A ACT sublinha que estas irregularidades prejudicam o trabalhador e a sociedade, nomeadamente no que respeita às contribuições para a Segurança Social e para o Estado, além de viciarem a concorrência empresarial.

Veja mais em :::::> Jornal da Região

Costa da Caparica – Mãe que teve bebé na praia diz que foi “o local certo”

Uma grávida deu à luz na praia da Mata, na Costa da Caparica, no concelho de Almada, no sábado à tarde, com auxílio dos nadadores salvadores e médicos que estavam no areal. Foi “em minutos”, garante quem assistiu.

maria2
Foi há precisamente uma semana que Maria do Mar surpreendeu todos e veio ao Mundo em pleno areal da praia da Mata, na Costa da Caparica, Almada. A bebé está de boa saúde e já engordou 80 gramas.
Quando Catarina, de 37 anos, em final do tempo de gravidez, foi à praia apanhar sol, nunca esperou sair de lá com a filha Maria nos braços. Mas saiu. Às 18.05 horas de sábado, na praia da Mata, Costa da Caparica (Almada), Catarina deu à luz em poucos minutos, sem ter tempo de ser levada para o hospital. No areal, quem presenciou o parto recebeu a bebé com uma salva de palmas.
Veja mais em :::> Jornal de Notícias

Mistério com gaivota na Caparica

Adolescente fotografou exemplar de uma gaivota-dominicana.

gaivota
A atenção de dezenas de biólogos e observadores de aves está, neste momento, focada na praia de S. João da Caparica, em Almada. Tudo graças à descoberta de Miguel Berkemeier, de 15 anos. O jovem estudante identificou e fotografou uma gaivota-dominicana, naquele que se acredita ser o quinto avistamento da espécie em toda a Europa. A ‘Larus dominicanus’ distingue-se pelo porte superior ao das gaivotas comuns, asas mais escuras e pelas patas esverdeadas. Foram estas as características que chamaram a atenção de Miguel, na semana passada. “Conhecia mais ou menos a espécie, fotografei-a, e foi um feliz acaso. Consegui a confirmação de outros observadores de aves”, disse ao CM o jovem, que pretende ser biólogo. O avistamento de gaivotas-dominicanas na Europa é “raríssimo”, explica Luís Costa, da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves. A espécie é proveniente do hemisfério sul, com colónias no Chile e na África do Sul. “Os avistamentos mais a norte costumam ser nas latitudes da Namíbia e Angola”, sublinha.

Ler mais em: Correio da Manhã

Costa da Caparica recebe o primeiro festival do ano

cc1
O Caparica – Primavera Surf Fest tem tudo a postos para iniciar oito dias consecutivos de provas nacionais e internacionais nas disciplinas de surf e bodyboard, além de animações de windsurf e kitesurf.

A primeira etapa do Campeonato Nacional de Bodyboard, masculino, feminino e dropknee, abre a competição, dias 28 e 29 de Março, seguindo-se-lhe o Encontro Nacional de Desporto Escolar, dia 29 de Março e a terceira etapa do Circuito Regional de Surf Esperanças da Grande Lisboa, dias 30 e 31 de Março, para terminar com a primeira etapa europeia da World Junior Surf League, entre os dias 1 e 4 de Abril.

18 nacionalidades e 120 inscritos na primeira etapa europeia da World Junior Surf League
Esta prova teve uma enorme adesão dos melhores surfistas sub-20 europeus (e alguns extra-Europa) desde cedo, contando já com 120 inscritos nas categorias masculina e feminina, o que reforça a aposta da organização na data e local do evento.

cc2
“Estamos absolutamente espantados com esta adesão, pois superou todas as nossas expectativas,” afirma Miguel Inácio, da coordenação desportiva do Caparica – Primavera Surf Fest. “Ao mesmo tempo, sentimo-nos muito honrados pelo voto de confiança dos surfistas, o que nos enche de orgulho e fará com que nos concentremos ainda mais na organização da prova, para que tudo corra também de acordo com as expectativas dos atletas. Nesse sentido, decidimos atribuir os dois wildcards masculinos desta prova aos muito jovens locais Afonso Antunes e Guilherme Ribeiro, que além de serem campeões nacionais sub-12 e sub-14, respectivamente, têm dominado o Circuito Regional de Surf Esperanças da Grande Lisboa este ano. No feminino, Inês Bispo terá direito ao wildcard disponível, uma vez que se tem batido pelos lugares cimeiros a nível nacional e é claramente a melhor surfista local na sua categoria. O mundo do surf vai estar na Caparica… literalmente! A todos, desejamos boas ondas e boa prova,” conclui o responsável.
Entre as 18 nações de surf representadas na Costa de Caparica encontram-se 30 portugueses, 17 franceses, 17 espanhóis, 12 bascos, 15 ingleses, 3 da ilha Reunião, 6 das ilhas Canárias, 4 da ilha Guadalupe, 5 alemães, 1 austríaco, 1 da Martinica francesa, 1 dinamarquês, 2 israelitas, 2 norte-americanos, 1 irlandês, 1 russo, 1 finlandês e 1 turco.

O’Neill junta-se à etapa da World Surf League
Mas nesta prova há mais novidades! A marca de surfwear O’Neill juntou-se à primeira etapa europeia da World Junior Surf League, passando a patrociná-la e alterando o seu nome para Caparica – Primavera Surf Fest powered by O’Neill.

“Tem sido notória a importância que a marca O’Neill tem dado às iniciativas relacionadas com as camadas mais jovens do surf, sendo esta apenas mais uma grande notícia para o desenvolvimento do desporto na Costa de Caparica. A O’Neill é uma marca pioneira desde o seu início, fazendo sentido que a nossa aposta surja neste momento. A Costa de Caparica já há muito merecia um evento desta envergadura, por todos os bons anos de ondas e surf até aqui proporcionados. Temos o maior prazer e orgulho em poder fazer parte deste acontecimento, que com toda a certeza vai colocar a ‘nossa’ Costa no pódio das melhores praias do país,” comenta Nuno Santos, Country Manager da O’Neill em Portugal.
cc3

Element Skate Ramp Tour arranca na Caparica
O Caparica – Primavera Surf Fest também vai receber a primeira edição do ano do Element Skate Ramp Tour, no dia 4 de abril, num half-pipe especialmente montado para o efeito.

 Mantendo o formato habitual nesta competição para convidados, a prova vai contar com 16 dos melhores skaters nacionais da especialidade, em disputa por um prize money de 600€, distribuído pelas competições de Best Run & Best Trick.



Na Best Run, os skaters competem em baterias homem-a-homem, com a duração de 5 minutos cada. Os critérios de avaliação são: consistência, fluidez, dificuldade, conjugação de manobras, criatividade e estilo.

 O Best Trick procura apenas a manobra mais abusada. Terá a duração de 20 minutos e decorrerá em baterias de eliminação, culminando numa final de seis skaters, de onde sairá o vencedor. Tiago Lopes, Bruno Senra, Pedro Roseiro, Ruben Gamito, Laurence e Bernard Aragão e Marcelo Plácido são algumas das presenças que vão garantir uma competição com muito nível.

Para além desta competição, haverá demonstrações no dia 28 de março, no mesmo espaço, com os skaters Ruben Gamito, Tiago Lopes, Bruno Senra e Pedro Roseiro.

 Nos restantes dias em que decorre o festival, a rampa estará acessível gratuitamente ao público que queira andar de skate.

Razões extra para não perder o Caparica – Primavera Surf Fest, de 26 de Março a 4 de Abril, na Praia do Paraíso!

Bilhetes à venda em ticketline.sapo.pt. Informações diárias em Facebook Caparica – Primavera Surf Fest e www.caparica-primaverasurffest.pt/

O Caparica – Primavera Surf Fest é uma organização da Câmara Municipal de Almada, com produção da AMG Music, a organização desportiva do Caparica Surfing Clube, World Surf League e Federação Portuguesa de Surf, e os Media Partners FUEL TV – canal oficial, Mega Hits, ONFIRE Surf, SURFPortugal, SurfTotal e Beachcam.

Click aqui para ver mais fotos

Ler mais: Jornal da Região

Costa da Caparica – Imagine onde é que abriu a primeira hamburgueria em Portugal…há 40 anos

hamburgueria

Há 40 anos, estava Hugo Ponte a estudar Engenharia Electrotécnica no Instituto Técnico de Lisboa. Enquanto isso, já dava explicações de matemática. Com a crise académica, antes do 25 de Abril de 1974, chegava à faculdade para os exames e deparava-se com as portas fechadas a cadeado. No 3º ano do curso desmotivou e desistiu. E imagine-se o que é que é que lhe ocorreu abrir…

Na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mesmo junto ao mercado municipal, inaugurou a primeira hamburgueria de Portugal, o «Sandwich Bar», que acaba de comemorar 40 anos, aberto no primeiro Verão após o 25 de Abril. Em entrevista ao Diário Digital, o empreendedor, que agora, aos 62 anos detém um “pequeno império” de negócios, contou que chegavam ao estabelecimento, na época, pessoas de longe para comer pela primeira vez hambúrgueres e, naturalmente associado a eles, Coca-Cola, até à altura proibido em Portugal.

A ideia do negócio ocorreu-lhe um ano antes de deixar a faculdade depois de umas férias em Benidorm e Torremolinos, em Espanha. Os primeiros funcionários da hamburgueria foram os seus explicandos, «miúdos que precisavam de ganhar uns trocos e que acharam a ideia engraçada», avançou.

Antes de 1974 a Coca-Cola chegava a Portugal contrabandeada de Espanha, mas logo após a revolução abriu o primeiro entreposto da marca em Palmela, e um amigo seu que lá trabalhava levou-lhe para o estabelecimento uma grade de garrafas. Estavam reunidas as condições para lançar o negócio em pleno.

Na altura, a Costa da Caparica era frequentada por banhistas e pelos locais, e foram esses os primeiros a frequentar o «Sandwich Bar». Entretanto, palavra passa palavra e o snack-bar começou a receber nova clientela vinda de várias partes. Nessa época, a zona balnear era muito diferente. Hugo conta que frequentava a Costa da Caparica desde os 5 anos; os pais tinham uma casa de veraneio lá. Aos 18 anos, acabou por se mudar do Restelo, em Lisboa, para o concelho de Almada, e ali permaneceu até agora.

Entretanto, um subdelegado de Saúde visitou as instalações e conseguiu alvará para que o negócio funcionasse até às 04:00, coisa inédita no nosso país. E era para ali que todos rumavam à noite, após o fecho dos bares e discotecas.

Veja mais em :::>Diário Digital

Adjudicada recuperação de 430 metros do paredão da Caparica por 600 mil euros

costa-caparicaparedao

Almada, 20 mai (Lusa) – O secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, adjudicou hoje o contrato de reabilitação de 430 metros do paredão da Costa da Caparica (Almada), por 600 mil euros, obra que será financiada em 85% por fundos comunitários.

“Esta obra é muito importante para a segurança de pessoas e bens”, disse Paulo Lemos, adiantando que a comparticipação portuguesa será assegurada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e que o prazo de execução das obras é de dois meses.

“Esta zona do paredão está muito danificada. Não foram só os temporais recentes, os temporais anteriores também já tinham provocado alguns danos. Mas este ano houve galgamentos [do mar] que puseram em risco a zona do parque de campismo”, acrescentou.

O secretário de Estado do Ambiente revelou também que o contrato para a recarga de areias em seis praias da Caparica, desde a praia da Saúde à praia de São João, também já foi adjudicado, na segunda-feira, por cinco milhões de euros, neste caso com financiamento comunitário de 100%.

Segundo o governante, “a recarga de areias em seis praias da Costa da Caparica vai decorrer durante a época balnear, mas só vai obrigar à interdição de cada uma das praias intervencionadas durante uma semana”.

“Esta obra [recarga de areias] não estava prevista para este ano, porque estávamos à espera das dragagens que o porto de Lisboa vai realizar para aproveitarmos as areias. Mas tendo em conta a situação provocada pelos temporais, o ministro do Ambiente decidiu avançar com a recarga de areias”, acrescentou.

Paulo Lemos justificou o facto de a recarga de areias decorrer durante a época balnear lembrando que “foi necessário um reforço do orçamento da Agência Portuguesa do Ambiente e uma nova candidatura as fundos comunitários”.

Veja mais em :::> Porto Canal

Almada contrata mais trabalhadores para acelerar reparação dos danos na Caparica

Novos funcionários vão reforçar equipas de limpeza e de trabalhos oficinais para reparar danos causados pelo mau tempo junto às praiascaparica

A Câmara de Almada aprovou na semana passada a contratação “excepcional” de 88 trabalhadores para reforçar as equipas municipais da higiene urbana e de trabalhos oficinais (como serralheiros ou carpinteiros), sendo que uma parte desses funcionários irá “intervir directamente” na Costa da Caparica. Desta forma, a autarquia pretende minimizar os estragos recentemente causados pelo mau tempo e apoiar os concessionários.

A proposta do executivo liderado por Joaquim Judas (CDU) foi aprovada na reunião de câmara de 5 de Fevereiro e será ainda votada pela assembleia municipal na próxima semana. A autarquia quer contratar 36 assistentes operacionais por tempo determinado e 52 por tempo indeterminado, segundo a deliberação. Além disso, pretende também “ampliar o prazo de intervenção das equipas de limpeza de praias”, explica a câmara em comunicado.
Na mesma nota, o município esclarece que “assume esta decisão, não obstante a anunciada intenção do Governo em penalizar os municípios que não cumpram a meta de redução em 2% do seu quadro de pessoal, como é imposto pelo Governo, através da retenção de parte das verbas das transferências do Estado”. E sublinha: “Mesmo correndo o risco de ser penalizada por contratar estes trabalhadores, e também dessa forma contribuir para a redução do desemprego na nossa região e no país, esta contratação agora proposta corresponde a uma necessidade emergente a que Câmara Municipal de Almada não poderia deixar de acorrer.

O município culpa “a forma precipitada e sem alternativas” com que o Governo liquidou a sociedade Costa Polis (o processo deve estar concluído dentro de dois anos) pela demora na reparação dos danos causados pela forte agitação marítima na Caparica, bem como na prevenção de episódios semelhantes.

Ver mais em :::> Público

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.