Tag: Costa

Crianças brincam com granada em praia na Costa da Caparica

caparica

Granada tipo morteiro foi descoberta num caixote de lixo.

O guarda do parque de estacionamento da praia da Mata na Costa da Caparica, Almada, reparou num grupo de crianças a brincar com uma granada. O homem colocou o engenho à sombra e chamou a GNR. As autoridades criaram um perímetro de segurança e evacuaram uma parte do parque de estacionamento. Segundo a GNR ao Correio da Manhã, o alerta foi dado às 12h40 e trata-se de uma “granada tipo morteiro” que estava num caixote de lixo. A GNR da Costa da Caparica isolou a zona e foi ativada uma equipa de desativação de bombas. A granda estava “inerte” e foi recolhida.

Ler mais em: Correio da Manhã

Festival O Sol da Caparica começa amanhã

caparica2caparica

A terceira edição do festival da margem sul arranca amanhã e estender-se-á até domingo

É já amanhã que arranca a terceira edição do festival O Sol da Caparica, dedicado à música de cariz lusófono. Até domingo, por ali passarão inúmeros artistas, dos mais variados campos musicais, todos eles com o português na ponta da língua.

Os destaques vão, naturalmente, para os grandes nomes: Rui Veloso, Jorge Palma e Sérgio Godinho, The Gift, Mão Morta e Ana Moura passarão todos eles pela Caparica, sendo igualmente de realçar o espetáculo “especial” que Os Azeitonas ali darão, na companhia de António Zambujo, Presto (Mind Da Gap) e Pedro Tatanka (The Black Mamba).

Para além destes, também os Orelha Negra, Deolinda, Valete, Capitão Fausto e Nélson Freitas têm passagem garantida pelo festival, que não se fará apenas da música. Haverá demonstrações de skate, seleções de filmes de animação, e ainda conversas públicas sobre a relação da língua portuguesa com a música – que é como quem diz, o projeto Debaixo da Língua, conduzido por Rui Miguel Abreu.

O último dia do festival, domingo, será inteiramente dedicado aos mais novos, estando previstas várias atividades e espetáculos dirigidos a este tipo de público.

Os bilhetes já se encontram à venda em todos os locais habituais, podendo também ser adquiridos na bilheteira presente no recinto, que se situa na Rua Catarina Eufémia, ou na Loja do Munícipe ou no Posto de Turismo de Cacilhas, em Almada. Os preços variam entre os 15 euros (diário) e os 35 euros (passe geral), existindo descontos para quem esteja recenseado no concelho de Almada.

Para chegar ao recinto, basta virar à direita, à entrada da Costa da Caparica, e rumar em direção ao Parque Urbano, que se situa a 300 metros sobre o lado Mar. Se optar por ir de transportes públicos, saiba que os TST terão horários especiais durante a duração do festival, entre a 1h e as 3h15, com dois percursos: Festival-Praça de Espanha e Festival-Fogueteiro. A tarifa de bordo vale 3,25 euros.

caparica2

Fonte :::> BLITZ

Cachalote deu à costa na Caparica

Animal pesava 80 quilos

costa
Um cachalote-pigmeu, com cerca de dois metros, deu à costa nas praias da Caparica, Almada, na quinta-feira.

O cetáceo, bastante debilitado, foi retirado por biólogos do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos de Quiaios (Figueira da Foz), tendo morrido no transporte.

O cachalote pigmeu arrojou três vezes durante a manhã de ontem – praia da Nova Vaga, Rainha e Mata –, tendo surfistas e populares empurrado o animal para a água. No entanto, devido ao estado débil, os peritos decidiram retirá-lo para que fosse tratado, mas acabou por morrer. O animal era juvenil e pesava cerca de 80 quilos.

Veja mais em :::> Correio da Manhã

Costa quer dar “tradução política” à vontade da “esmagadora maioria dos portugueses”

PS está a “trabalhar na plataforma de um Governo”, disse o líder socialista depois de uma reunião com Cavaco. Costa quer ter “posição consolidada”até ao final da semana.

costaecavaco

PS está a “trabalhar na plataforma de um Governo”, disse o líder socialista depois de uma reunião com Cavaco. Costa quer ter “posição consolidada”até ao final da semana.

O secretário-geral do PS informou esta sexta-feira o Presidente da República sobre os contactos que tem mantido com os partidos, nomeadamente à esquerda, para a constituição da “plataforma de um Governo”, mas não revelou a posição de Cavaco Silva.

“Todos temos estado a trabalhar, não no programa de cada um dos partidos – cada um tem a sua própria autonomia e expressa aquilo que é posição de cada um dos partidos – mas, a trabalhar naquilo que importa, trabalhar na plataforma de um Governo”, disse.

Para Costa, essa “plataforma” deve dar “tradução política” à vontade expressa pela “esmagadora maioria dos portugueses” nas eleições legislativas de 4 de Outubro: uma “mudança” de políticas.

Questionado pelos jornalistas sobre a recepção de Cavaco às reuniões com PCP e Bloco de Esquerda, nas quais ganhou força a hipótese de criar um Governo liderado pelo PS e viabilizado pela esquerda, Costa disse apenas: “Não vi nenhuma proposta [à esquerda] que não correspondesse às preocupações do Presidente.”

Adiantando esperar ter até ao final da semana “uma avaliação final” do trabalho que está a realizar com as diferentes forças políticas para transmitir ao chefe de Estado, António Costa referiu que para já transmitiu a “avaliação preliminar” que faz dos contactos que já manteve e sobre a criação de condições para exista um Governo “estável, credível e consistente”.

“Ninguém teve maioria, todos temos que ter a humildade de fazer um esforço de aproximação das posições políticas de uns e outros”, referiu o socialista.

Costa diz que é prematuro traçar cenários porque “há conversas que estão ainda marcadas com diversas forças políticas”.

O PS continuou esta segunda-feira o seu périplo pelas forças com representação parlamentar. O dia político ficou marcado pelo encontro com o Bloco de Esquerda. Foi uma reunião “muito interessante” na qual foi possível identificar “matérias passíveis de convergência”, afirmou Costa no final do encontro.

Catarina Martins foi mais longe: “O governo de Pedro Passos Coelho e Paulo Portas acabou hoje.”

Veja mais em Rádio Renascença

Sol da Caparica recebeu 75 mil espectadores este ano

Linda Martini, Jorge Palma e Paulo Gonzo foram alguns dos artistas que atuaram no festival.

solcaparica2
Setenta e cinco mil foi o total de espectadores nos quatro dias do festival Sol da Caparica, que terminou no domingo, disse esta terça-feira à Lusa fonte da organização.

No terceiro dia do festival (sábado), em que atuaram músicos como Xutos e Pontapés, Batida, Tito Paris, Agir, Tiago Bettencourt, Berg e o DJ Rich, o festival esgotou a lotação, com 25 mil pessoas, segundo a assessora de imprensa do certame, Cristina Carvalho.

Realizado no Parque Urbano da Costa de Caparica, concelho de Almada, a 300 metros do mar, o certame regressa em agosto de 2016 para a terceira edição, indicou a porta voz.

Cristina Carvalho congratulou-se ainda com o total de espetadores registados na segunda edição do Sol da Caparica, uma vez que ultrapassou em dez mil os registados na primeira edição, no ano passado.

Linda Martini, Jorge Palma, Paulo Gonzo, Resistência, The Legendary Tigerman, Brigada Victor Jara ou o brasileiro Marcelo D foram alguns dos artistas que atuaram no festival. O fadista Camané e o músico Carlão foram outros dos artistas participantes no Sol da Caparica, assim como no Bons Sons, que decorreu na aldeia de Cem Soldos, concelho de Tomar, nos mesmos dias do Sol.

Separados por 150 quilómetros, os dois festivais propunham experiências distintas, tendo como base a música que se faz em Portugal e no espaço da lusofonia.

O festival Bons Sons, na aldeira de Cem Soldos, no interior, mobilizou 37 mil pessoas, de acordo com números avançados pela organização, na segunda-feira, à agência Lusa. O último dia do Sons da Caparica foi dedicado às crianças até aos dez anos, com ateliers de música tradicional e sessões de música para bebés e concertos do Avô Cantigas e de Luísa Sobral.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

COSTA DA CAPARICA TEM NOVA PRAIA DE NATURISMO

>h2>A Praia da Adiça, na Costa da Caparica, passou a ser oficialmente, desde o passado mês de junho, uma praia naturista. A decisão, sobre o processo iniciado em setembro de 2014, foi tomada na Assembleia Municipal de Almada de 26 de junho, com votos favoráveis da maioria dos deputados.

costa
A Praia da Adiça é assim a segunda praia naturista do concelho, ao juntar-se à Praia da Bela Vista, onde a prática do nudismo é permitida há cerca de trinta anos.

A Câmara Municipal de Almada justifica a proposta como uma necessidade de corresponder à procura dessa prática nas praias, que tem ganho “cada vez mais adeptos a nível mundial”.

A legalização do naturismo na praia da Costa da Caparica, solicitada pela Federação Portuguesa de Naturismo (FPN), faz de Almada o único concelho com duas praias naturistas oficiais, num total de oito praias em Portugal.

A proposta, aprovada em Assembleia Municipal, destaca a prática naturista como “uma forma de viver em harmonia com a natureza caracterizada pela prática da nudez coletiva, com o propósito de favorecer a auto estima, o respeito pelo outros e pelo ambiente”.
Ver mais em :::> Setúbal TV

Almada – Surf para pessoas com deficiência

Surf for All é a maior iniciativa de surf adaptado da Europa.

surf
Surf for All é uma iniciativa de um grupo de amigos surfistas da escola de surf Duckdive, na praia do Castelo, Costa da Caparica (Almada) que promove a prática do desporto por parte de pessoas com deficiência.
Nuno Duarte, um dos surfistas da escola, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e quis continuar a praticar o seu desporto favorito. Com a ajuda dos seus amigos, Nuno conseguiu voltar ao mar apesar das incapacidades físicas. Vários banhistas da praia observavam com curiosidade o surfista na água com os seus amigos e quiseram que esta iniciativa fosse alargada a um maior número de pessoas.

“As pessoas viam-nos com o Nuno com bastante curiosidade e queriam que este gesto fosse partilhado por mais pessoas com deficiência”, conta Luís Nunes, um dos organizadores do Surf for All.

O evento começou em 2011 ainda com poucas pessoas, mas com perspetivas de crescer. Em 2013, tornou-se no maior evento de evento de surf adaptado da europa com um total de 103 participantes.

Com um interregno em 2014, por falta de patrocínios, o evento regressou à praia do Castelo para a sua 4.ª edição esta quinta-feira e conta com 80 participantes acompanhados por 80 colaboradores, todos eles voluntários.

“O evento conseguiu voltar felizmente e muito com a ajuda do Ginásio Clube Português e com o apoio da Câmara Municipal de Almada”, conta Luís Nunes esperançado que a iniciativa continue para o ano. “Se conseguirmos os apoios necessários certamente que vamos continuar.”

O dia foi animado apesar do tempo não ter sido muito convidativo para banhos. Nada demoveu os participantes, que se mostraram bastante entusiasmados.

“Senti-me bem, gostei muito. Vi várias vezes na televisão pessoas a fazer surf e sempre quis experimentar”, contou Rafael Santos, um dos participantes, na pausa para o almoço.

O evento, além desta quinta-feira, vai estar também na praia do Castelo, na Costa da Caparica (Almada), sexta-feira, dia 12 de junho.

Veja mais em :::> Correio da Manhã

Almada quer promover Costa da Caparica através do surf

surf
Almada quer Costa da Caparica nos cinco locais mais europeus mais atrativos para o surf pela potencialidade das ondas e pelas praias fantásticas.

A Câmara Municipal de Almada quer fazer da Costa da Caparica um dos cinco locais europeus mais atrativos para a prática do surf, anunciou hoje a autarquia na apresentação do primeiro festival de música e surf do concelho.

O “Caparica Primavera Surf Fest”, que decorre de 26 de março a 04 de abril, organizado pela Câmara de Almada com o apoio de clubes e empresas locais, vai ter mais de 500 surfistas em ação, nove bandas de música e duas dezenas de DJ, que prometem animar a praia do Paraíso, na Costa da Caparica, nas férias da Páscoa.

Mostrar no estrangeiro que, nas férias da Páscoa, “a ‘Meca do surf e da animação noturna’ é algures na ponta mais ocidental da Europa, numa cidade que se chama Costa da Caparica”, é um dos objetivos da iniciativa, disse o vereador da Educação e Desporto da Câmara de Almada, António Matos.

“Queremos que dentro de poucos anos na Costa da Caparica não haja época baixa. Pode haver frio, mas tem de haver atividade. Como é que fazemos? Saltamos para as ondas, com grandes eventos”, acrescentou o autarca da Câmara de Almada, de maioria CDU, adiantando que a autarquia vai gastar na organização do evento “entre 200 a 300 mil euros”.

Para António Matos, não se trata de uma visão idealista, mas de uma realidade plausível numa região que tem 30 quilómetros de praia, está a poucos quilómetros do aeroporto de Lisboa, tem uma capacidade hoteleira crescente e clubes com uma relação fácil com a estrutura federativa nacional do surf.

Uma opinião partilhada por Miguel Inácio, do Caparica Surfing Clube, que acredita na determinação da autarquia na promoção turística do concelho e nas “potencialidades das ondas e das praias fantásticas da Caparica”.

matos

“Vamos convidar jornalistas da Europa e de fora da Europa para virem à Costa da Caparica e perceberem esta mensagem que estamos a passar”, disse Miguel Inácio, convicto de que se trata de uma estratégia eficaz para a promoção do festival e da Costa da Caparica no estrangeiro.

No plano desportivo, Miguel Inácio lembrou que esta primeira edição do festival prevê o regresso do circuito nacional de Bodyboard à Caparica e um encontro nacional de desporto escolar, a 28 e 29 de março.

O Circuito Regional da Grande Lisboa do Nacional Surf Esperanças, a 30 e 31 de março, e o Campeonato Europeu de Juniores, de 01 a 04 de abril, que vai trazer a Portugal os melhores surfistas europeus, são outras provas desportivas previstas na primeira edição do festival de música e de surf da Caparica.

Além da prática do surf, os participantes no festival vão ter também muita música durantes os dez dias do certame, dado que está prevista a atuação de bandas como a Cais Sodré Funk Connection, Agir, Orlando Santos, Freddy Locks e You Can”t Win, Charlie Brown, entre outras.

Está também prevista a atuação de duas dezenas de DJ – DJ Vibe, DJ Ride, DJ GLUE e DJ Miguel Nery, entre outros.

Veja mais em :::> Jornal da Região

Câmara de Almada quer enchimento das praias da Caparica antes da época balnear

areiacosta

A Câmara de Almada exigiu hoje que o enchimento artificial de areia nas praias da Caparica seja concluído de forma a garantir o normal funcionamento das atividades da próxima época balnear.

A tomada de posição da autarquia surge na sequência do despacho do primeiro-ministro que delega competência no ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, para autorizar a realização da despesa necessária, no valor máximo de 5,1 milhões de euros.

Em comunicado, a Câmara de Almada recorda que, no passado dia 26 de fevereiro, durante uma visita à Costa da Caparica, o ministro do Ambiente afirmou que a alimentação artificial das praias da Costa da Caparica e de São João, com um milhão de metros cúbicos de areia, teria de ser concretizada “a tempo do verão”.

A autarquia salienta ainda que a publicação do despacho do primeiro-ministro 60 dias depois do compromisso assumido pelo ministro poderá causar “prejuízos muito elevados para muitos milhares de cidadãos, pelos impactos na atividade económica que o arrastamento da situação necessariamente implica”.
Veja mais em :::> Diário Digital

Circulação de pessoas proibida no paredão na Costa da Caparica

Reportagem  sobre a Praia da  Costa da Caparica.

A circulação de pessoas está proibida no paredão da frente urbana da Costa da Caparica, em Almada, devido à agitação marítima, anunciou hoje a Marinha Portuguesa.
De acordo com um comunicado hoje divulgado pela Marinha, “devido às condições meteorológicas adversas na orla costeira, a Capitania do Porto de Lisboa interditou a circulação de pessoas no paredão da frente urbana da Costa da Caparica, desde São João da Caparica até à Nova Praia”.

Segundo fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, contactado pela agência Lusa, no local estão sete viaturas e 15 elementos das corporações de bombeiros de Cacilhas e de Almada.

De acordo com a mesma fonte, os restaurantes e bares daquela zona foram encerrados, por precaução.

Lusa/SOL

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.