Tag: Incêndio

Incêndio em parque de campismo na Costa da Caparica faz um morto

13/7/2019, 11:58
OBSERVADOR

Um homem de 73 anos morreu na manhã deste sábado, na sequência de um incêndio que destruiu na totalidade a tenda onde se encontrava e ainda nove alvéolos.

Um homem de 73 anos morreu este sábado na sequência de um incêndio no Parque de Campismo Piedense, na Costa da Caparica, concelho de Almada (Setúbal), disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da GNR.

Segundo a fonte da GNR, “uma tenda de campismo ardeu e quando as autoridades chegaram ao local encontraram o corpo de um homem carbonizado”.

Além da tenda, arderam também nove alvéolos – cinco ficaram completamente destruídos e quatro parcialmente -, segundo a mesma fonte.

As causas do incêndio são ainda desconhecidas, indicou a fonte da GNR, acrescentando que a investigação do incêndio passou para a alçada da Polícia Judiciária.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à Lusa que o alerta para o incêndio foi dado cerca das 09:20, tendo sido mobilizados para o local operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas e uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, além da GNR.
VEJA MAIS EM ::::> OBSERVADOR

TVI

Incêndio em parque de campismo na Costa da Caparica faz um morto e um ferido


Rulote de campismo ardeu e quando as autoridades chegaram ao local encontraram o corpo de um homem carbonizado

Um homem de 73 anos morreu, este sábado, na sequência de um incêndio no Parque de Campismo Piedense, na Costa da Caparica, concelho de Almada (Setúbal), disseram à agência Lusa fontes da Proteção Civil e da GNR.

A TVI sabe que, para além da vítima mortal, as chamas provocaram ferimentos ligeiros a outro campista. A vítima apresenta apenas queimaduras num dos braços.

A vítima mortal teria dificuldades de locomoção, necessitando de usar uma cadeira de rodas para deslocar-se. Residia no parque de campismo com a mulher há vários anos. A esposa, no entanto, não se encontrava no local quando as chamas começaram a propagar-se.

A TVI apurou junto das autoridades que ainda é desconhecido se o incêndio teve origem na rulote da vítima mortal ou no alvéolo ao lado, mas, quando as chamas se descontrolaram, o homem com mobilidade reduzida não conseguiu escapar do local.

vEJA MAIS EM ::::> TVI

Correio da Manhã

Autarquia assume falhas de segurança nos parques de campismo após incêndio na Costa da Caparica

Câmara Municipal admite que na origem do incêndio podem estar problemas de segurança

A Câmara Municipal de Almada admitiu este sábado após o incêndio que matou um homem de 73 anos no parque de campismo Piedense, na Costa da Caparica, que não são cumpridas as medidas de segurança necessárias nestes parques.

“Sabemos que não cumprem”: Em declarações ao Correio da Manhã, a vereadora Francisca Parreira assume as infrações existentes admitindo que estas possam estar na origem do incêndio desta manhã.

Francisca Parreira disse que estes parques estão sobre um “olhar atento” da Câmara Municipal no que diz respeito ao nível de prevenção e das medidas de proteção. No entanto, essas medidas não são cumpridas na sua totalidade tendo em conta a legislação em vigor.

Nas suas declarações, a vereadora explicou que têm sido feitas ações de fiscalização “que envolveram os serviços camarários que tem responsabilidade nesta área”.

Essas ações foram feitas para que “todos os proprietários possam ser notificados para garantirem as medidas de autoproteção”.

Francisca Parreira referiu também que a Câmara Municipal “determinou que os parques n garantirem as condições de segurança vão ter de encerrar. A segurança está acima de qualquer risco, de qualquer avaliação económica ou outra”. A vereadora realçou que “a segurança é uma prioridade” da autarquia.

Veja mais em Correio da Manhã

RTP

Homem de 73 anos morre em incêndio na Caparica

Além da tenda, arderam também nove alvéolos – cinco deles ficaram completamente destruídos.

O alerta foi dado pelas 9h20 e as causas do incêndio são ainda desconhecidas.

A responsável pela Proteção Civil da Câmara de Almada admite que este, como outros parques de campismo da Costa, não cumpre todas as medidas de segurança

Veja o vídeo ::::> RTP

Ano 2000

Incêndio no Parque SFUAP da Costa da Caparica

Incêndio consome oficina e nove veículos no Feijó

1 de Dezembro 2018

Um incêndio de grandes dimensões deflagrou, na noite desta sexta-feira, numa oficina no Feijó, em Almada, destruiu nove viaturas e material ligado à oficina. Imagens partilhadas nas redes sociais mostram a violência das chamas. O fogo ocorreu numa zona de armazenamento e oito veículos foram tomados pelas chamas, confirmou ao CM Miguel Silva, Comandante dos Bombeiros de Cacilhas. O alerta foi dado cerca das 1h13 e pelas 2h17 o incêndio tinha já sido dado como extinto. Os trabalhos no local foram concluídos pelas 3h30, revelou ainda. No local esteve a PSP e 32 bombeiros das corporações de Cacilhas e Almada, apoiados por 10 veículos. Não há vítimas a registar, confirmou o CM junto do CDOS de Setúbal. A Polícia Judiciária esteve esta manhã no local a investigar o incêndio.

Ler mais em:Correio da Manhã

Veja o vídeo no Facebook:::::>JOAQUIM CRUZ

Jovem de 17 anos em estado grave após incêndio em prédio de Almada

Fogo deflagrou num terceiro andar e deixou feridas 18 pessoas.


Um incêndio num prédio de sete andares no Pragal, em Almada, fez este domingo de manhã 18 feridos. Um jovem de 17 anos ficou em estado grave e era o único ocupante do apartamento onde deflagrou o incêndio. O fogo deflagrou num 3º andar de um prédio no bairro Cor de Rosa pelas 9h15 e obrigou à intervenção de mais de 30 operacionais apoiados por 15 viaturas. Em pouco mais de meia-hora o fogo foi dado como extinto, mas o edifício teve de ser evacuado. Pelas 10h30 os bombeiros procediam a trabalhos de rescaldo e ventilação. O jovem de 17 anos encontra-se em estado muito grave e foi transportado ao hospital Garcia de Orta. 10 dos feridos foram hospitalizados e os restantes sete foram assistidos no local. A Polícia Judiciária já se encontra no apartamento para investigar as causas do incidente.

Ler mais em: Correio da Manhã

Incêndio no Montijo mobiliza 145 bombeiros


11/08/2018

Um incêndio deflagrou este sábado à tarde em Canha, no Montijo, com cerca de 150 operacionais no terrenos apoiados por 33 veículos e três meios aéreos. O incêndio já está em fase de resolução. Foram cerca de duas horas no combate às chamas.

O objetivo agora é garantir que não há reacendimentos. No local estiveram várias corporações, nomeadamente de Montijo, Vila Franca de Xira, Samora Correia e Canha.

Ler mais em: Correio da Manhã

Bombeiros de Setúbal combatem incêndio em Monchique

6/8/2018

Partida o autocarro, cedido pela CMA, com 40 bombeiros do distrito de Setúbal, incluindo 10 do concelho de Almada, que vão render os operacionais que estão a combater o incêndio em Monchique. No terreno estão 12 bombeiros e 3 meios das corporações do concelho de Almada.

Veja mais em::::> CM Almada

Incêndio no Montijo cortou circulação na A33

15.09.2017

Incêndio combatido por 57 bombeiros e 17 viaturas.

Um incêndio de mato na zona da Estrada Velha da Lançada, no concelho do Montijo, distrito de Setúbal, está em conclusão e a circulação na A33 já foi normalizada disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

“A situação já está normalizada e a circulação na A33 foi restabelecida”, disse à Lusa fonte da ANPC, depois de o incêndio ter obrigado ao corte da autoestrada devido ao fumo provocado pelas chamas. Segundo a Proteção Civil, o incêndio, cerca das 19h00, já estava em conclusão, apesar de ainda estarem no local 22 operacionais, apoiados por 11 viaturas.

Ler mais em: Correio da Manhã

Fogo junto ao Almada Fórum causa susto

Chamas arderam junto à via rápida que dá acesso à Caparica.

Um fogo que deflagrou numa zona de mato na zona do Feijó, em Almada, causou esta quinta-feira um susto para os moradores e condutores que circulavam na zona de acesso ao Almada Fórum, e as que passavam na via rápida que liga Almada à Caparica.

As autoridades foram alertadas para o fogo por volta das 19h40. O fumo intenso chegou a afetar o trânsito da Ponte 25 de Abril em ambos os sentidos, mas as chamas foram rapidamente controladas.

O fogo foi dado como extinto por volta das 21h00.

Ler mais em::::> Correio da Manhã

Fogo ameaça habitações na Trafaria


06.08.2017 19h43
Um incêndio na Trafaria, no concelho de Almada, está este domingo à tarde a ameaçar várias habitações, como é possível ver nas imagens publicadas nas redes sociais. O fogo lavra na Trafaria, perto também de uma zona industrial.

Um incêndio deflagrou hoje na Trafaria, Almada, numa zona de mato, perto dos silos da Repsol, estando a ser combatido por 65 bombeiros apoiados por 17 veículos, disse à Lusa fonte do Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS).

“O incêndio teve início às 19h20”, adiantou a mesma fonte, salientando que este começou “numa zona de mato, com algum pinhal” na Trafaria, mais propriamente perto de Porto Brandão, onde existem os silos da Repsol.

As chamas estão “muito intensas no local”, acrescentou a mesma fonte.

Com Lusa

Veja o ídeo em ::::> SIC Noticias

Setúbal – Chamas ameaçam hospital, hotel e casas em Setúbal Proteção Civil apela à população da Quinta dos Vidais e da Reboreda para abandonar o local.

Setenta bombeiros de diversas corporações, 21 viaturas e um helicóptero estão envolvidos no combate a um incêndio que deflagrou esta terça-feira à tarde em Setúbal. O fogo está a ameaçar uma zona de habitações no bairro da Reboreda e as pessoas estão em pânico nas ruas. A Proteção Civil Municipal está a apelar à população da Quinta dos Vidais e da Reboreda para abandonar o local devido à proximidade das chamas. O fogo está próximo do hospital da Luz, que já foi evacuado, de algumas moradias e de uma bomba de gasolina na EN 10. Esta estrada estava pelas 20h30 cortada ao trânsito na localidade de Viso, desde o quilómetro 32 ao 38, apresentando-se como via alternativa o cruzamento Vale da Rasca – Arrábida. O Hotel do Sado também foi evacuado devido à proximidade das chamas. O alerta para este violento incêndio que começou numa zona de mato à entrada de Setúbal foi dado por volta das 18 horas.

Veja mais em :::> Correio da Manhã

1987-88 Incêndio e demolição SFUAP

1988 Secção de Campismo e Sede da SFUAP

uma vista da fachada da colectividade antes do incêndio

;No dia 2 de Dezembro de 1987 a Sede da SFUAP estava em chamas

Em 1988 deu-se a demolição do edifício

Incendio e demolição

 

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.