Tag: Museu

Na Margem: uma história do rock no Museu da Cidade

A partir de 12 de janeiro, 21h, no Museu da Cidade

Deixamos-lhe uma pequena pista do que vai poder ver nesta exposição

Neste vídeo (por ordem de imagens):

– Hugo Gomes «Osga»
– Zé Nabo
– António Manuel Riberio
– Carlão
– Carlos Santiago «Kronos»
– Zubi Fernandes
– Tim
– João Miguel Fonseca
– Miguel Paulitos

veja mais em :::> CM Almada

Barracuda impulsiona construção de polo museológico em Almada

barracuda

A Câmara Municipal de Almada considera que a construção do núcleo museológico da Marinha Portuguesa “é uma boa aposta para atrair mais turistas”, afirma o vereador do Desenvolvimento Social na autarquia. António Matos assegura também que “é uma forma de valorizar a prática de atividades náuticas, na medida em que esta é uma forte tradição da região, e disponibilizar à população outro tipo de atração”.

A ideia de construir o polo museológico partiu da Câmara Municipal de Almada que, tendo já em doca seca a fragata D. Fernando e Glória, “decidiu apresentar esta proposta à Marinha Portuguesa”, salienta Bossa Dionísio, responsável pela musealização do submarino Barracuda. Esta aposta vai permitir a aquisição, por parte da população, “de dados importantes sobre a história destas embarcações e as suas particularidades”, visto que, durante as visitas, são realizadas “atividades educativas”, adianta Bossa Dionísio.

A iniciativa responde também à necessidade da Marinha Portuguesa de “perpetuar as suas embarcações históricas”, frisa o responsável pela musealização do Barracuda. A fragata D. Fernando e Glória, que está na doca seca de Cacilhas há alguns anos, “já recebeu mais de 14 mil visitas”, pelo que António Matos acredita que “o projeto vai ser bem sucedido”. O submarino Barracuda ainda não está aberto ao público, mas “no final do ano as pessoas poderão ter acesso à exposição”, adianta o autarca.

Tendo em conta o protocolo assinado pela Câmara Municipal de Almada e a Marinha Portuguesa, inicia-se agora a construção do edifício que vai servir de antecâmara e apoio à exposição permanente do Barracuda e da Fragata D. Fernando II e Glória, o último navio de guerra à vela da Marinha Portuguesa. O objetivo da construção desta estrutura é “facilitar o acesso da população às exposições”, conclui o oficial da Marinha Portuguesa. As duas embarcações estão a receber trabalhos de manutenção, pelo que, apesar de estar equipado como se fosse participar em missões, o submarino foi reestruturado de forma a garantir segurança aos visitantes.

Lúdia Aniceto – 02-08-2013 18:48
Veja Mais em :::> Setúbal na Rede

Inauguração do Museu da Música em Almada

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.