Tag: Passe

Novo passe da área de Lisboa permitirá poupar mais de 100 euros a milhares de pessoas

Os 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa terão um passe único em abril de 2019.


Os 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML) terão um passe único em abril de 2019, no valor máximo de 40 euros, permitindo uma poupança que, para milhares de passageiros, pode ultrapassar os 100 euros mensais. O novo passe único permitirá ainda simplificar o complexo sistema de títulos de transporte, que atualmente tem cerca de 2.000 combinações possíveis. Um casal que se desloque diariamente entre Setúbal e Lisboa, usando o comboio da Fertagus, o Metro e a Carris paga atualmente pelos dois passes 317,5 euros (158,75 euros cada). O custo para esta família subirá 63,50 euros, para 381 euros, se, por exemplo, existir um filho com menos de 23 anos que se desloque diariamente para estudar numa universidade em Lisboa. A partir de 01 de abril, com o custo máximo de 40 euros por passe e de um máximo de 80 euros por agregado familiar, o mesmo casal e o filho pagarão apenas 80 euros. Mais a norte, quem vem de Mafra paga mensalmente 154 euros por utilizar a linha da Mafrense até ao Campo Grande e a Carris e o Metropolitano para se movimentar em Lisboa. Da Malveira, também no concelho de Mafra, o preço do passe que permite utilizar os mesmos transportes é de 117,25 euros mensais. Estes são dos exemplos mais onerosos nas deslocações dentro da AML.

Ler mais em: Correio da Manhã

De Palmela até Mafra – Passe de transportes em Lisboa grátis para novos clientes

transportes

Objetivo é captar novos utentes para os transportes públicos da zona de Lisboa.

Os operadores de transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa (AML) vão oferecer um mês gratuito aos novos clientes que adiram ao passe intermodal no dia 22, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade. A iniciativa “Passe a Passe”, liderada pela AML, que é também a Autoridade Metropolitana de Transporte, foi hoje apresentada e envolve as transportadoras que operam na área desta autarquia, desde Palmela a Mafra. Demétrio Alves, primeiro secretário da AML, explicou que o objetivo é captar novos utentes para os transportes públicos da zona de Lisboa. “Todos os cidadãos ainda não utentes do passe intermodal que queiram passar a aderir ao passe intermodal ou todos os que já o tenham sido, mas não sejam praticantes pelo menos há 12 meses, poderão no dia 22, ao fazerem a aquisição do passe intermodal em cartão, ter acesso a um ‘voucher'”, explicou, realçando que o valor do ‘voucher’ é variável consoante o transporte, mas pode situar-se entre os 35 e os cerca de 80 euros. O responsável destacou que o ‘voucher’, no valor de um mês de passe, poderá ser usufruído ainda em outubro ou, caso os prazos não o permitam, em novembro. “Os cidadãos deverão informar-se junto do seu operador qual será a forma mais adequada de no próximo dia 22 poderem fazer a sua compra do passe no âmbito desta campanha”, acrescentou. Demétrio Alves admitiu que o atual sistema de transportes “tem grandes limitações e não é de um dia para o outro que eles se vão resolver”. “Foram muitos anos de desinvestimento, muitos anos de atraso no sistema de transportes. Hesitámos até em fazer esta iniciativa, que poderia ter exatamente este inconveniente, que era morrer do êxito. Se tiver muita adesão, pode trazer problemas designadamente naquele dia. Achámos que valia a pena o mérito da mensagem sobrepor-se às eventuais dificuldades que possam existir”, considerou. Demétrio Alves lançou também um apelo às operadoras que aderiram à iniciativa para reforçarem os postos de atendimento no dia da campanha. A AML é composta pelos municípios de Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira. Aderiram à campanha a Barraqueiro Transportes (Ribatejana, Boa Viagem, Mafrense e Oeste), Henrique Leonardo da Mota, Isidoro Duarte e JJ. Santo António, Rodoviária de Lisboa, Scotturb, Transportes de Lisboa (o que inclui a Carris, o Metropolitano e a Transtejo), Transportes coletivos do Barreiro, Transportes Sul do Tejo, Vimeca, CP — Comboios de Portugal, Fertagus e Metro Transportes do Sul.

Ler mais em Correio da Manhã

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.