Tag: Quinhentista

Montijo – Feira Quinhentista repete sucesso

montijo222

Torneios de armas, música, teatro de rua, arruadas e desfiles. Nada faltou na II Feira Quinhentista de Aldeia Galega que teve lugar de 11 a 13 de setembro, no Montijo. Visitantes e munícipes voltaram a aderir em força a esta iniciativa.

Na inauguração, Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, sublinhou a importância da feira enquanto “momento cultural-histórico que funciona também como uma recriação das vivências de Aldeia Galega”.

Para o presidente é necessário que a feira seja um projeto “aberto a todos, que reforce o vínculo entre a cultura e a cidadania, que seja encarada como um momento de enriquecimento cultural e cívico”, disse.

Dos vários momentos altos da feira destaque para a apresentação dos quadros históricos, baseados em factos e lendas, de três momentos importantes passados em Aldeia Galega do Ribatejo: A chegada de El-Rei D. Manuel I ao Cais das Faluas; a Estação da Posta e a Lenda de Alda a Galega.

A II Feira Quinhentista de Aldeia Galega foi organizada pela Câmara Municipal do Montijo e pela associação ALIUS VETUS, com o apoio da Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro.
Veja mais em :::> CM Montijo


Feira Quinhentista relembra a essência da Aldeia Galega

montijo2014 (98)
A Feira Quinhentista de Aldeia Galega, no Montijo, “recria os tempos antigos” através dos trajes dos actores que “vão protagonizar as cenas da altura”. O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, explica que o espaço teatral na feira permite reviver os valores que levaram à fundação da Aldeia Galega, tendo sido um porto importante para as “trocas comerciais entre Lisboa, Alentejo e Espanha”, facilitando assim a entrada e saída de pessoas e de mercadorias.

Outro valor apontado pelo autarca é a forte ligação com o campo, estando até aos dias de hoje o Montijo marcado pela agricultura, através da “plantação de flores e da agroindústria, com a transformação da carne de porco”. Todos estes aspectos vão estar retratados nas peças teatrais, bem como alguns episódios que marcaram a vida do povoado como “as visitas de D. Manuel I e da Ordem de Santiago”.

O edil afirma que a recriação dos tempos da Aldeia Galega, com a “participação da sociedade civil como figurantes e actores” das cenas criadas, permite que os próprios munícipes se sintam envolvidos no evento, sendo esta uma forma de a população adquirir a “tradição e a cultura dos tempos medievais” que marcaram a aldeia e marcam hoje a cidade.

Nuno Canta considera que esta é uma feira medieval diferente das outras, primeiro devido à sua dimensão, mas também por transmitir os valores do Montijo e por possibilitar “juntar as pessoas e as culturas” de diferentes tempos. De acordo com o autarca, um dos pontos altos da feira é a apresentação do livro Foral de Aldeia Galega do Ribatejo 1514, da autoria de João José Alves Dias, que retrata um pouco da histórica da povoação, com base no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

A Feira Quinhentista de Aldeia Galega, no Montijo, decorre durante este fim-de-semana e está orçada em cinco mil euros, inserida nas comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino de Aldeia Galega do Ribatejo, outorgado a 15 de Setembro de 1514 por D. Manuel I.

Veja mais em ::::> Setúbal na Rede

Montijo – Feira Quinhentista Aldeia Galega

Setembro 2014

Veja as Fotos em ::::> http://www.cibersul.org/?p=11304

A Feira Quinhentista de Aldeia Galega é um evento comemorativo dos 500 Anos do Foral Manuelino e a organização é da Câmara Municipal do Montijo e da ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património, com o apoio da Junta de Freguesia da União de Freguesias Montijo/Afonsoeiro.
O evento vai decorrer no centro histórico da cidade, especificamente na zona da Praça Gomes Freire de Andrade, Rua Guerra Junqueiro e Praça da República.
Aos visitantes propõe-se uma viagem ao passado, ao ambiente de convívio social e cultural do século XVI, através da reconstituição do tipo de mercado e produtos comercializados na época, por entre muita música e dança, bem como tascas, tabernas e grelhadores para comes e bebes.
Simultaneamente, serão recriados quadros históricos ficcionados baseados em factos e lendas de Aldeia Galega do Ribatejo, nas primeiras décadas do século XVI.
Recorde-se que Aldeia Galega do Ribatejo recebeu a sua carta de foral no dia 15 de Setembro de 1514, outorgada pelo Rei D. Manuel I.
Veja mais em :::>CM Montijo

Montijo-Feira Quinhentista de Aldeia Galega – Fotos

Montijo-Feira Quinhentista de Aldeia Galega

A Feira Quinhentista de Aldeia Galega é um evento comemorativo dos 500 Anos do Foral Manuelino e a organização é da Câmara Municipal do Montijo e da ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património, com o apoio da Junta de Freguesia da União de Freguesias Montijo/Afonsoeiro.
O evento vai decorrer no centro histórico da cidade, especificamente na zona da Praça Gomes Freire de Andrade, Rua Guerra Junqueiro e Praça da República.
Aos visitantes propõe-se uma viagem ao passado, ao ambiente de convívio social e cultural do século XVI, através da reconstituição do tipo de mercado e produtos comercializados na época, por entre muita música e dança, bem como tascas, tabernas e grelhadores para comes e bebes.
Simultaneamente, serão recriados quadros históricos ficcionados baseados em factos e lendas de Aldeia Galega do Ribatejo, nas primeiras décadas do século XVI.
Recorde-se que Aldeia Galega do Ribatejo recebeu a sua carta de foral no dia 15 de Setembro de 1514, outorgada pelo Rei D. Manuel I.
Veja mais em :::>CM Montijo

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.