Tag: Quinta do Conde

Pai Natal de chocolate com 1,80 metros anima Sesimbra

Obra foi feita por um pasteleiro da Quinta do Conde.
6 de Dezembro 2017

Um pasteleiro da Quinta do Conde, em Sesimbra, construiu este ano um Pai Natal em chocolate com 1,80 metros de altura. A obra foi terminada em quatro semanas, numa média de 10 horas por dia de trabalho. “Foi construída em tempo recorde. A meio do trabalho tive vontade de desistir, mas fui avançando e estou orgulhoso”, disse Eduardo Cerqueira. A peça tem 130 quilos de chocolate e vai estar exposta a partir de hoje na pastelaria Barca Doce, na Quinta do Conde. “É a maneira que tenho de mimar os clientes que, todos os anos, aguardam com expectativa a peça em chocolate que decido fazer. Gosto de surpreendê-los”, explicou.

Ler mais em: Correio da Manhã

Quinta do Conde exige construção de escola

Cordão humano vai ligar três escolas da freguesia e deve juntar hoje quatro mil alunos.

São esperados hoje quatro mil alunos no cordão humano que vai ligar três escolas da Quinta do Conde (Sesimbra) que, juntamente com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia, exigem a construção de uma escola secundária. Atualmente, na Quinta do Conde há apenas uma escola a receber os estudantes deste nível de ensino. Está “sobrelotada”, adianta a vice-presidente da Câmara de Sesimbra, Felícia Costa. A Escola Básica 2,3/S. Michel Giacometti tem capacidade para 400 alunos mas acolhe 1400. Vinte turmas do secundário têm aulas em contentores, “com mais de 20 anos, que vieram da Cidade Universitária”, diz Felícia Costa. A sobrelotação obrigada a que diariamente mil alunos passem “4 horas em 3 transportes públicos”, diz Ana Oliveira, presidente da Associação de Pais da Escola Básica da Boa Água. A comunidade escolar vive preocupada com estes alunos, que estudam noutros concelhos como Setúbal, Seixal, Moita e Montijo. “Os pais temem pela segurança dos filhos que, em muitas situações, têm de passar duas horas sem aulas à espera do próximo transporte para regressarem a casa”, frisa. Em resposta ao CM, o Ministério da Educação explica que está a desenvolver esforços “no sentido de encontrar resposta para a necessidade identificada, tendo já reunido com a Câmara de Sesimbra com vista a analisar esta e outras questões relativas à rede educativa e às necessidades de oferta e intervenção no parque escolar, a suprir a médio e longo prazo”. O cordão começa a formar-se às 10h00 na EBI da Boa Água, passa EBI Quinta do Conde e termina na Michel Giacometti.

Ler mais em: Correio da Manhã

Feira Medieval da Quinta do Conde

2

6 de Março 2016

Escola Secundária da Quinta do Conde aprovada na Assembleia da República

5684 assinaturas dão escola secundária à Quinta do Conde

Esc-Secundária-800x534
Cerca de mil alunos da Quinta do Conde saem do concelho de Sesimbra todos os dias. Passam horas em transportes para poderem chegar às aulas e terem direito à educação.” O alerta parte de Ana Oliveira, da Associação de Pais da EBI da Quinta do Conde, que nos últimos dois dias viu o Parlamento discutir e votar um pedido da população que se arrasta há anos: a construção de uma nova escola secundária. Ontem, foram aprovados por maioria na Assembleia da República (AR) os quatro projetos de resolução para a construção urgente da escola secundária.

Para acompanhar a discussão em plenário, na quinta-feira, uma comitiva de 40 pessoas esteve presente na AR. Alunos, pais, professores e autarcas atravessaram o Tejo na esperança de receberem boas notícias, há muito esperadas.

“Desde 1995 que se fala na necessidade de uma resposta em ensino secundário para a Quinta do Conde”, recorda ao CM Vítor Antunes, presidente da junta de freguesia. “Houve a ideia de se iniciar as obras em 2011, através da Parque Escolar”, referiu o autarca, salientando que já existe um terreno para este efeito, cedido pela Câmara de Sesimbra. “Há condições objetivas para a construção. Com seis ou sete milhões, consegue-se fazer uma escola secundária com muita qualidade e que satisfaça as necessidades dos alunos”, afirmou.

A exigência da população chegou ao Parlamento em novembro de 2015, na forma de uma petição assinada por 5684 pessoas. A freguesia tem apenas uma oferta no ensino secundário. A EB 2,3/S Michel Giacometti “só tem capacidade para quatro turmas do 10º ano”, afirma Ana Oliveira. A Escola Secundária de Sampaio é outra opção nas proximidades, “mas já rebentou pelas costuras”, acrescenta a representante dos pais.

Veja mais em ::::> Correio da Manhã

Morre triplo homicida da Quinta do Conde

Rogério Coelho morreu esta sexta-feira no hospital

qtaconde
Rogério Coelho, o triplo homicida de Quinta do Conde, morreu esta sexta-feira no Hospital Francisco Xavier, em resultado de ferimentos auto-infligidos. Com a morte de Rogério Coelho, extingue-se o processo-crime.

O empreiteiro matou a tiro de caçadeira o agente da PSP José Pereira e o filho Diogo, na tarde do dia 29 de agosto. Depois abateu Nuno, o primeiro agente da PSP a responder ao alerta.

vela mais em :::> Correio da Manhã

Homenagem a GNR assassinado na Quinta do Conde

Mais de mil pessoas participaram este sábado numa marcha silenciosa de homenagem ao jovem elemento da GNR assassinado a semana passada, em serviço, na Quinta do Conde, em Sesimbra.

qtaconde
Tomei a iniciativa de organizar a manifestação na sequência da tragédia que nos levou três pessoas da comunidade, sendo que dois deles eram agentes de polícia, da GNR e da PSP”, disse aos jornalistas Maria Bell, promotora da manifestação deste sábado através de uma rede social na Internet.

uma maior atenção a estes agentes, à polícia à GNR, porque esta situação está a revoltar vivamente a população. É bom que eles (MAI) se debrucem sobre isto e que façam uma melhor apreciação, porque as coisas não podem continuar assim. Eles (GNR e PSP) precisam de mais efetivos nas ruas, não podem ir dois agentes, num jipe velho, acorrer uma situação destas”, acrescentou.

Maria Bell, antiga colaboradora da Cruz Vermelha, decidiu convocar a manifestação na sequência do triplo homicídio que ocorreu no passado dia 29 de agosto na Quinta do Conde, quando um homem assassinou um vizinho e agente da PSP, e o filho deste, acabando, pouco depois, por também balear mortalmente o jovem militar da GNR Nuno Anes, de 25 anos, que acorreu ao local do crime em serviço.

Entre os manifestantes, que desfilaram este sábado entre a Junta de Freguesia da Quinta do Conde e o posto local da GNR, participaram também representantes de sindicatos de polícia e da Associação dos Profissionais da Guarda (APG).

“Lamentamos que estas situações aconteçam e que continue a não haver o reconhecimento da profissão e do risco que nós temos. É preciso que alguém que tutela as forças de segurança reconheça que a nossa profissão, por situações como esta, é uma profissão de risco, uma profissão de desgaste rápido”, disse aos jornalistas José Miguel, vice-presidente da APG.

“Alguém tem de pensar na forma de legislar como se deve reconhecer o risco e a profissão de agente da autoridade”, acrescentou.

Veja mais em ::::> Jornal de Notícias

Agente da GNR morto em tiroteio na Quinta do Conde – actualizado

quinta_do_conde_1_750_2500
Dois mortos e um ferido é o balanço de um desacato ocorrido na Quinta do Conde, na tarde deste sábado, cerca das 17h30, quando vários tiros foram ouvidos pelos moradores, que deram o alerta ao posto territorial da GNR da Quinta do Conde.
Um dos indivíduos envolvidos no conflito, que já tinha ferido duas pessoas, atingiu mortalmente na cabeça com um tiro de caçadeira um agente da GNR, do efectivo do Posto Territorial da localidade, de 25 anos, de nome Nuno Anes, estava na força policial desde 2012 e morava na Quinta do Conde, e uma outra pessoa do sexo masculino.
O indivíduo, um homem de 77 anos, construtor, foi depois detido na sua casa, onde se refugiara e de onde disparava sobre quem se aproximava dos dois corpos. Após os disparos, o homicida tentou suicidar-se, com a caçadeira e foi depois transportado S. Bernardo, em Setúbal.
Segundo testemunhas, tratou-se de uma situação de conflito entre moradores da Rua Maria Matos, que se arrastava há algum tempo, devido a cães.

Actualizado – A segunda vítima mortal, um agente da PSP que não se encontrava de serviço, era também motorista do Gabinete do primeiro-ministro. O ferido grave, transportado para o Hospital de S. Bernardo, é um jovem filho deste agente da PSP.

Veja mais em :::> Comércio de Seixal

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.