Tag: União Artistica

José Freitas afastado da SFUAPiedense

Por contenção de despesas…
SFUAP afasta técnico com 46 anos de casa
freitas
José Freitas, técnico de natação da SFUAP há 46 anos, vai ser afastado das suas funções a partir do dia 5 de Outubro. A decisão foi comunicada em reunião efectuada especialmente para o efeito onde a direcção do clube por carta manifestou a intenção de rescindir o contrato e dispensá-lo a partir daquela data.

A notícia, que caiu como uma bomba no movimento associativo almadense, na área do desporto de formação e alto rendimento, rapidamente se espalhou e o DIÁRIO DA REGIÃO, ao tomar conhecimento dela deslocou-se à Piscina do Jamor, local onde decorriam os campeonatos nacionais de juvenis e absolutos, onde encontrou José Freitas junto aos seus nadadores, na companhia dos seus filhos, Carlos e Rui, responsáveis pela equipa da SFUAP. A onda de solidariedade para com o decano dos treinadores portugueses era tão grande que ficámos surpreendidos.

Para trás ficam 70 anos dedicados com grande paixão a uma modalidade que em 1968 começou a desenvolver-se na margem sul do Tejo graças à acção de José Freitas que contribuiu de forma significativa para o reforço das suas infra-estruturas que naquela altura estavam na estaca zero. Com o 25 de Abril de 1974, o treinador olímpico foi o grande impulsionador das grandes modificações na piscina que passou a ser coberta, com água aquecida. A SFUAP chegou a ter nas suas escolas mais de quatro mil alunos e 28 técnicos.

No decorrer da competição realizada no Jamor foi digno de registo o apoio dado a José Freitas por parte de muitos técnicos, nadadores e muitos amigos que nos bastidores da piscina quiseram dar um abraço ao técnico.

António Bessone Basto, uma das maiores figuras do desporto em Portugal, foi uma das primeiras pessoas a deslocar-se ao local, seguindo-se depois, José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal; José António Sacadura, ex-director técnico nacional, José António Silva, presidente da direcção da FPN; José Manuel Borges, DTN; Carlos Cruchinho, técnico do Sporting; José Silva, técnico do FC Porto; Mário Madeira, do Benfica. Outros também manifestaram o seu desagrado pela situação e todos eram unânimes ao afirmar que deveriam ter mais respeito por alguém que tanto fez e continua a fazer pelo desporto, em Portugal.

As pessoas que contactámos foram peremptórias ao afirmar que foi o principal responsável por aquilo que a SFUAP hoje é no desporto.

Conforme nos disse “aos 81 anos, aproximava-se a toda a velocidade o final da minha carreira. Mas, estava à espera que terminasse o ciclo olímpico para tentar organizar, com a direcção, uma prova para homenagear os 20 anos da participação nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996. Não queria terminar da forma como aconteceu”.

Veja mais em :::> Jornal de Desporto

Acampamento da Juventude – SFUAPiedense 1970

Actividades da Secção de Campismo da SFUAPiedense na decada de 70 Sec. XX



Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.