Enfermeiros do hospital de Almada em greve parcial

<hospitalh2>Cerca de 50 profissionais estão em protesto.

Cerca de 50 enfermeiros concentraram-se esta quarta-feira junto às instalações do Conselho de Administração do Hospital Garcia de Orta, em Almada, no início de uma greve parcial de dois dias para exigirem a reposição das 35 horas de trabalho semanais. “Convocámos esta greve no Hospital Garcia de Orta porque não tem havido nenhum esforço da administração para resolver o problema, nem para a contratação de mais enfermeiros, ao contrário do que tem vindo a acontecer noutras unidades de saúde”, disse à agência Lusa Zuraima Cruz Prado, do Sindicato dos Enfermeiros. “Na quinta-feira vamos fazer nova concentração junto ao Conselho de Administração, que hoje não teve uma palavra para nos dar sobre a redução do horário de trabalho”, acrescentou. A sindicalista disse não ter ainda dados disponíveis sobre a adesão ao primeiro dia de greve no Hospital Garcia de Orta, convocada para hoje e quinta-feira, entre as 8h00 e as 12h00. Contactado pela Lusa, o Conselho de Administração do Hospital Garcia de Orta escusou-se a prestar declarações sobre a greve, mas adiantou que já iniciou o processo de contratação de enfermeiros para a unidade e que alguns deles já “estão a ser convocados”.

Ler mais em…> Correio da Manhã

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.