Fazer o que ainda não foi feito

25 de Agosto 2021

António Matos

Largo na Rua Capitão Leitão

Várias ações de qualificação urbana avançarão em todas as freguesiasEste destaque diz respeito a uma transformação urbana na Rua Capitão Leitão, no sentido de ampliar os espaços públicos de encontro e estadia.

O Município procederá à aquisição dos imóveis contíguos ao Museu da Música Filarmónica. O primeiro desses edifícios será utilizado para a ampliação do Museu, que será renovado e reaberto ao público com um programa de animação permanente. O segundo desses edifícios é o “prédio da SINGER” que será demolido para dar lugar a um novo Largo, com zonas de estadia, que incluirá uma pérgola e espaços de circulação pedonal e encontro.

Esta intervenção insere-se numa estratégia de refuncionalização urbana de Almada Velha, a que está associado um programa de revitalização da vida económica, associativa e cultural local.

O edifício dos Paços do Concelho será, logo após as obras de beneficiação em curso, de imediato reaberto.

PS Almada

A má fé ou o simples desconhecimento levam o PCP e a CDU a prometer o que foi feito pelo executivo municipal liderado pelo Partido Socialista. Em Almada vê-se a diferença, por exemplo, com a pedonalização do troço final da Rua Capitão Leitão, que aumentou o espaço de lazer e de comércio nesta emblemática rua da cidade de Almada que, como tantas outras, foi vítima de desleixo durante décadas pelos executivos liderados pelo PCP e pela CDU. Almada não quer regressar ao passado!

Comments are closed.

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.